domingo, 9 de novembro de 2014

A Alemanha “cubanizou” – Porto de Mariel

Retornando aos posts, após período observando enorme passionalidade eleitoral e com sequelas nunca dantes vistas neste país, indo a aberração inédita em todo o mundo de protestos a favor da volta da ditadura, um pouco de informação completa e adequada é bem-vinda. Dentro do cenário de que informação a imprensa deveria fornecer de forma isenta e com a devida ênfase aos prós e contras desta informação, vale colocar um ponto mal informado nos últimos anos.
A Alemanha “cubanizou”, diria uma imprensa ultra-direita alemã, se ela existisse, com intuito de incutir uma ideia errada à população de seu país, para também trazer desconforto, desinformação e demonizar os atuais governantes. E tudo isso seria criado porque empresas alemãs participaram da concorrência internacional aberta pelo governo de Cuba para construção de seu estratégico porto de Mariel. Tudo isso aconteceu, exceto o processo de desinformação da imprensa alemã, parte porque a imprensa de lá é mais profissional e isenta e parte porque o povo é mais atento a tentativas de engodos.
Empresas alemãs, especificamente empreiteiras de execução e tecnologia, juntamente com empresas do Brasil, Japão, México e outros, participaram da concorrência internacional para a construção do Porto de Mariel em Cuba, porque empresas vão atrás de sua atividade core, ampliar negócios e gerar lucros. Obviamente os seus respectivos governos, em bids desta natureza, colocam seus esforços de relações internacionais para ajudar as empresas e de obter oportunidades econômicas com o negócio, se assim elas enxergarem como estratégicas para seus países.
A concorrência foi vencida pelo Brasil, supostamente não somente pelo preço e expertise apresentado pelas empresas brasileiras participantes, mas também pelas boas relações que o governo brasileiro tem com Cuba. Brasil é um dos países que mais externa ser contrário ao embargo econômico americano que sufoca de forma impiedosa o país por mais de 50 anos, onde neste instante os Estados Unidos finalmente sinaliza um breve final deste embargo.
Quando uma empreiteira de execução e tecnologia parte para executar uma grande obra, isto é, de grande aporte financeiro, requer financiamento, e este busca no mercado privado, a juros altos, ou através de entidades públicas preservadoras de crescimento do país, a juros menores. Se estes bancos públicos interpretarem como vantagens ao país e/ou ao seu povo, irão fazer o financiamento a empresa brasileira. Exatamente a mesma regra é praticada às empreiteiras de outros países por seus respectivos governantes.
Daí entra um Banco de Fomento. O que é um Banco de Fomento? Para que serve? É uma particularidade do Brasil ou existem em outros países?   Todo Banco de Fomento tem um mesmo objetivo: são indutores, incentivadores, do desenvolvimento sócio econômico do país que atuam, seja através do financiamento de equipamentos, salários e até de suporte a projetos e implementações em geral a especificamente empresas brasileiras. Um Banco de Fomento não pode se transformar em qualquer outro tipo de instituição que compõem o Sistema Financeiro Nacional. Existem vários Bancos de Fomento no Brasil, onde o maior e mais conhecido é o BNDES  - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Observem, econômico e social, significa incrementar a economia brasileira e a parte social do seu povo. O Brasil não é o “inventor” dos Bancos de Fomentos, assim como não é o inventor de Bolsa Família, Programa Mais Médicos e outros, pois existem em inúmeros outros países. O Brasil ainda está atrás de muitos países em termos de investimentos através de Bancos de Fomento, porque países como Estados Unidos, Alemanha, Japão, tem estas estruturas em benefício de sua população em volumes de dinheiro investido muito maior que o brasileiro, apesar do BNDES ter batido recorde de lucro no primeiro semestre e terceiro trimestre de 2014.
São colocadas tecnologias, fabricados equipamentos de pequeno, médio, grande e até gigantescos porte. São realizados desenvolvimentos e pesquisa, envolvidos Universidades, pesquisadores, subcontratados consultorias, terceirizações, quarteirizações, etc. A demanda é gigantesca em termos de recursos humano e de materiais. Traz enorme oportunidade a uma infindável gama de trabalhadores, pois o financiamento somente é permitido com a criação de emprego no país origem, Brasil. Assim também fazem os outros países.
Todos os países tem suas empreiteiras trabalhando em inúmeros outros países, da mesma forma as empreiteiras brasileiras o fazem. Há empreiteira brasileira atuando em 22 países na atualidade. Daí é absolutamente natural que um dos países seja Cuba. Não se pode comparar ou analisar que o dinheiro gasto no porto de Mariel o governo brasileiro poderia usar em construir um porto ou um hospital no Brasil, pois é um racional absolutamente errado que se tenta incutir na cabeça do povo, isto porque quem atua como participante de uma concorrência é uma empresa privada. Quando uma concorrência é aberta, é porque tem um cliente que pagará por um serviço (no caso Cuba), um fornecedor/executor (no caso cerca de 400 empresas brasileiras) e um financiador parcial ou total (no caso o BNDES). Esta importância às empresas brasileiras é expressa pelo presidente da FIESP em entrevista à TV no video abaixo.


Se tudo isso é muito comum, isto é, inúmeras obras as empresas brasileiras fazem pelo mundo, assim como empresas americanas, alemãs, etc, fazem obras pelo mundo, vendendo tecnologia, mão-de-obra, expertise, geram muitos empregos e no caso do Porto de Mariel, são 20 empregos, todos de brasileiros, porque esta tremenda desinformação às pessoas no Brasil? Porque esta demonização por ser Cuba? Porque não fazem a mesma crítica quando são feitos obras semelhantes em outros países? Porque os outros grandes países queriam ganhar esta concorrência? Começou a refletir agora “cara pálida”?

Porque não é mostrado outras realidades? Se todos lerem a respeito verão o porquê  países europeus e asiáticos participaram desta concorrência pública. O Porto de Mariel é estratégico para a passagem de produtos entre países europeus, Brasil, países centro americanos com toda a costa Pacífica das Américas e países asiáticos, Austrália, Nova Zelândia. Será um porto independente dos Estados Unidos, gerando concorrência e melhores oportunidade principalmente ao pré-sal brasileiro. O interesse é tão grande pelos países à posição estratégica deste porto, que o mesmo será entregue a administração das operações a empresa da Holanda e Singapura.
  

O mundo está de olho nos benefícios do porto e até empresários americanos, chefiado pelo diretor da Câmara de Comércio Americana, Thomas Donohue, visitou o Porto de Mariel e ouviu propostas mútuas de parcerias. Com isso observa-se ser bastante preconceituoso e lotado de paradigma quando relatam internamente no Brasil que independente do financiamento do BNDES a empresas brasileiras, foi doado às obras pelo governo brasileiro através do Ministério do Desenvolvimento Econômico R$240 milhões (100 milhões de dólares) através de contrato sigiloso por 30 anos, onde aposta-se num retorno ao desenvolvimento brasileiro muito superior a isso, pelos benefícios que o Brasil terá no uso do porto. Volto a dizer, é estratégico demais para irrisórios 100 milhões de dólares frente aos benefícios brasileiros a exportações e importações. Imagine o tamanho de interesse de países economicamente melhores que o Brasil, sendo vencidos por um país emergente, dos BRICS, e que arrematou construção e priorização, por custo irrisório. Até onde as estratégias estão relacionadas com a construção do Canal da Nicarágua pela China, dando alternativa ao monopólio do Canal do Panamá? Até onde as estratégias brasileiras estão relacionadas com a prevista queda dos custos de commodities brasileiros com o Porto de Mariel e novo canal trazendo ao Brasil enorme competitividade?

 

Até o Jornal O Globo descreve em trecho de reportagem “Cuba não conta com variedade significante de matérias-primas e nem é um país industrializado. Mas tem uma posição geográfica privilegiada, que, no futuro será de grande importância. Mariel é o porto caribenho mais próximo da Flórida e se encontra a apenas 45 quilômetros de Havana, capital de Cuba, que concentra mais de 20% da população do país. O investimento no porto é de quase US$ 1 bilhão e só faz sentido porque em torno dele surgirá uma zona econômica especial, voltada basicamente para exportações. O Brasil tem uma participação ainda pouco significativa nos mercados caribenho e da América Central. Mariel é um caminho para que empresas brasileiras se instalem nessa zona econômica especial e processem produtos destinados a esses mercados, especialmente os de alta tecnologia, que utilizarão muitos insumos inexistentes em Cuba (e que, por isso, terão diferentes origens, fazendo com que o porto tenha papel central em todo esse projeto). A proximidade com o novo Canal do Panamá também é um fator a se considerar, para chegada aos mercados situados no Pacífico.
 
Independente dos partidarismos e das manifestações pouco sensatas nas últimas eleições, há necessidade de entender melhor política, logística e benefícios aos seu país, ao seu povo. Em um tweet do jornalista Bob Fernandes (abaixo) há uma manifestação clara desta enorme oportunidade de concerto das cabeças das pessoas, não para necessariamente mudar sua opção partidária, mas para não ficarem na escuridão política pessoal.

153 comentários:

  1. Alexandre Antonio Pereira / Logistica9 de novembro de 2014 21:52

    Realmente neste ano de eleição muitos são os comentários sobre o porto de Mariel,pois a informação nem sempre vem da maneira correta principalmente para as pessoas que não procuram pela informação correta, vejo neste investimento ótimas oportunidades para o Brasil, imagino também que o Brasil pode ter até mais oportunidades para atuar neste mercado de exportação e importação, só se ouve falar que o Brasil poderia investir este dinheiro em outras áreas brasileiras, mas os desenformados não sabem ou não querem saber todos os benefícios que podemos ter.


    Alexandre Antonio pereira logistica

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Credito que ruidos na comunicação podem gerar resultados catastróficos, um país que não exporta não cresce, não adquire divisas e não se insere na economia internacional, ficará estagnado na mesmice sem evolução. Então com esse projeto promoveriamos a inovação e estimulariamos a capacitação de mão de obra altamente especializada, ou seja estariamos ganhando algo em "troca".

      Excluir
  3. A falta de entendimento e por muitas vezes o recebimento de informações errôneas sobre o assunto abordado, levam a criticas e comentários extremamente desnecessário, ao projeto que apenas trará benefícios para o país. Pois não é de hoje que o investimento é parte da politica externa do Brasil. O Porto de Mariel, foi uma aposta certeira, grande estratégica acarretada de benefícios e oportunidades tanto a exportações e importações quanto ao desenvolvimento brasileiro.

    Larissa Manoelle Moreira.

    ResponderExcluir
  4. A divergência nas informações, a falta de entendimento também, são fatores que atrapalham as informações que tem que ser passada. Esse porto pode trazer vários benefícios para o pais, aumentar o nosso mercado no exterior, atuar em países que nunca foi atuado, ampliar a exportação e importação. Quando começar a ter os devidos retornos vai ser otimo, mais de nada ira adiantar se não investir no próprio pais também.

    ResponderExcluir
  5. Creio que o fator de maior conflito é o dinheiro. Quando se fala em investimento, de maneira particular em investimento para fora do país, o povo brasileiro infelizmente, ainda é leigo. Não procuram se informar sobre, não procuram entender o porquê de tal investimento estar sendo feito, nem os benefícios que este trará ao País. Sem mencionar o fator “política”, que gera ainda mais divergências nas informações, pois cada um agrega informações que beneficiará o candidato de sua preferência ou denegrirá o outro. Temos que buscar de maneira positiva, o entendimento, pois esse investimento nos trará diversos benefícios e não se deixará de investir no Brasil por isso, pelo contrário, tal fato só não é feito com maior freqüência por falta de meios que o permitam.

    Aline dos Santos - Logística


    ResponderExcluir
  6. Quando falamos em construção do porto Mariel em Cuba á muitas controversas neste tema, foi muito questionado antes e apos as eleições, onde dizemos porque foi investido tanto dinheiro em busca de oportunidade e desenvolvimento e não tivemos um retorno tão esperado como pensávamos quando começar a ter os devidos retornos vai ser ótimo, mais de nada ira adiantar se não investir no próprio país também, alem disso porque o Brasil amortizou esta divida, poderíamos pensar que pode ser por um bom relacionamento onde seriamos parceiros deste negocio, mais não o custo foi alto e cada dia mais e claro que nosso país vem passando por uma inflação muito alta, para que possamos ter um controle absoluto sobre nossa economia porque não pensar em investir internamente e pensar em andar com as nossas próprias penas não apenas pensar em impostos e sim fazer com que o pais exporte mais e importe menos, investir cada vez mais em tecnologia e mão de obra avançada buscando blindar todo processo e sermos fortes caso o mundo entre em crise. Devemos deixar de lado todas essas adversas e procuramos nos espelhar em países como exemplo EUA, Alemanha e Japão, podendo ser um dia um incentivador de desenvolvimento econômico.

    Rafael Donisete Fabiano - Administração

    ResponderExcluir
  7. O caso do porto de Mariel em Cuba causou certa indignação em determinados setores da sociedade brasileira, onde a maior surpresa foi devido a obra ser erguida graças a um financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).
    Acontece que as pessoas não buscam informação completas, acreditam em dados, que muitas vezes são interpretados incorretamente, conforme dito no artigo acima, o porto de Mariel é um projeto estratégico para a passagem de produtos entre os países, assim gerando concorrência e melhores oportunidades, aumentando a área de influências américas do Brasil. A expectativa do porto Mariel é que traga bons resultados para o Brasil.

    Larissa M. S. Coelho - Administração (Eletiva em Logistica)

    ResponderExcluir
  8. Neste ano de eleição foram muitos os comentários sobre o porto de Mariel, a divergência de informações gerou muitas criticas e conflitos entre alguns países e setores brasileiros.
    Mas graças ao financiamento concedido do BNDES , iniciou – se um investimento muito grande, gerando concorrências entre os países e dando oportunidades de crescimento e benefício principalmente ao Brasil devido bom relacionamento com Cuba , com intuito de ter bons resultados e desenvolver economicamente .

    Adriana Lima Muniz - Logística

    ResponderExcluir
  9. Em meio a intrigas políticas não é de se admirar que houvesse distorção dos fatos no que diz respeito a construção do Porto de Mariel. Em vista disso cabe ao governo atual esclarecer e divulgar ao povo brasileiro quais os reais beneficios de se apoiar a contrução desse porto, mesmo que muitos se quer prestem atenção às informações relacionadas a esse assunto, pois julgam desnecessarias e estão ocupados demais para saber o que o governo faz com seu dinheiro. Como exposto no artigo os beneficios ao Brasil superam as consequências negativas desse financiamento.
    Em meio a tantos escandâlos de corrupção, o país dá um grande passo ao mostrar ao mundo que tem força, poder e riquezas e que sim, consegue estar a frente de grandes oportunidades e trazer verdadeiras melhorias ao país, seja para pessoas físicas ou para os empresarios. O Brasil mostra ao mundo que quer ser desenvolvido e que passo a passo conseguirá!!
    Renan Araújo- Administração 2ºB

    ResponderExcluir
  10. Este é um assunto que foi pouco esclarecido para a população brasileira. Em meio de tantas críticas houve pouca divulgação dos benefícios que este trabalho vai trazer para o nosso País e para o mundo da Logística Internacional, além de expandir a área para empresas brasileiras estarem atuando.
    Esta união entre Brasil e Cuba nos deixa a impressão que Cuba, de certa forma, acaba ficando mais dependente o Brasil adquirindo também outros tipos de recurso (como créditos alimentícios).
    O que se espera ver é um resultado positivo e significativo para o Brasil.

    Fabiano Fernandes - Logística

    ResponderExcluir
  11. Elizeu Cândido Soares - Logística13 de novembro de 2014 22:36

    O BNDES financiou parte das obras com a garantia de que a compra de bens e pagamento de serviços seriam comprovadamente brasileiros. Considera-se que a população cubana é um mercado potencial para empresas brasileiras nas exportações do Brasil para Cuba. Mariel é fundamental devido a criação da Zona Especial de Desenvolvimento Econômico gerando mercado para as empresas brasileiras, pois sua localização a 150 quilômetros do maior mercado do mundo, os Estados Unidos, assim Cuba deverá se tornar estratégica para o Brasil por causa de sua posição. Pensar à frente garante um futuro melhor para todos os brasileiros e brasileiras. E se isso significa que devemos expandir nossas fronteiras e ocupar ainda mais nossa merecida posição de destaque no cenário internacional.

    ResponderExcluir
  12. O BNDES financiou parte das obras com a garantia de pagamento e para bens brasileiros sem nenhum prejuízo. Sobre o assunto abordado, levam a criticas e comentários extremamente desnecessário, que trará-se de benefícios para o país. Mas isso já acontece a muito tempo, não é de hoje que o investimento é parte da politica externa do Brasil. Antes das eleições O Porto de Mariel, foi bastante comentado e foi como umas aposta, beneficio de exportações e importações quanto ao desenvolvimento brasileiro.

    Tainá Aparecida de Godoy - Logística

    ResponderExcluir
  13. Acredito que desde o momento que se decidiu fazer, há cinco anos atrás, isso tem implementado grandemente a presença brasileira no país, nas exportações. Com a obra de Mariel, mais, praticamente, 500 empresas se beneficiaram com essa obra, onde essa obra vai representar um momento diferente comercial de Cuba para o mundo… eu acho que nós usaremos também Mariel para o crescimento das nossas exportações

    ResponderExcluir
  14. Neste ano de eleição muito tem-se comentado a respeito do Porto de Mariel,já que as informações sobre ele são abafadas pela imprensa , essa obra irá trazer muitos benefícios para o pais com exportações e importações como na economia interna gerando empregos ,e relações internacionais com outros países .E com o apoio do BNDES que financiou a obra gerando investimento muito grande e com resultado desse investimento o Brasil tem muito a ganhar no futuro .
    Jonathan N Tobias

    ResponderExcluir
  15. Com base no artigo acima, podemos concluir que o porto de Mariel, trará benefícios para ao pais. O Brasil esta a procura de se desenvolver economicamente, e o porto Mariel aumentará as exportações e importações e a concorrência com os demais países.
    Houve uma grande rejeição por parte da população, devido o porto Mariel ser financiado através do BNDES, também pela falta de informação e divulgação desse projeto.

    Thamires Coldibelli da Silva - Administração (Eletiva em Logística)

    ResponderExcluir
  16. Com base no artigo,podemos concluir,que juntamente com o financiamento do BNDES,iniciou-se um investimento que trará oportunidades de crescimento e benefícios para o Brasil que venceu a concorrência por ter um bom relacionamento com o governo de Cuba,podendo atuar neste mercado de exportação e importação.
    Andressa Nogueira-Logística

    ResponderExcluir
  17. O porto de Mariel, com base no artigo, resultará em vários benefícios para o Brasil. O interesse é estratégico, pois a Cuba é um País geograficamente bem posicionado e com a construção do porto de Mariel, além de ter gerado emprego para os brasileiros, resultará em um acesso para as empresas brasileiras, tornando o Brasil um país mais competitivo e desenvolvido. Em relação ao financiamento efetuado pelo BNDES, houve uma grande desaprovação pelos brasileiros, porém, pelo fato da Cuba e do Brasil possuírem um bom relacionamento, esse investimento irá proporcionar um grande aumento nas importações e exportações.

    Aline Aparecida Moreira - Administração ( Eletiva em Logística Internacional)

    ResponderExcluir
  18. Não da para justificar. A infra estrutura do Brasil é critica, tudo portos, estradas, ferrovias, aeroportos, e usam o meu dinheiro do meu imposto para financiar estas obras em outros países, via de regra sem condições de pagar. A soberania brasileira é mais importante, não podemos nos curvar ao sigilo que outros governos ditatoriais querem.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Enquanto as pessoas de fato não buscarem a informação correta,sempre haverá esses tipos de pensamentos e principalmente em anos de eleições muitas informações são jogada na mídia.Se não fosse tão viável assim para nosso país ,porque os outros grandes países participariam desta concorrência,se tivesse sendo feito em outro país de grande potência mundial não estaria dando comentários ruins.Com a construção do Mariel, não só o Brasil será o beneficiado,vários outros países,acredito que está no caminho certo em fazer investimento para ter bons retornos,como mais exportações,importação e mais empregos etc.

    ResponderExcluir
  22. Acredito que a constução do Porto de Mariel vai trazer muitos benefícios para empresas brasileira, e isso quer dizer que vamos ter mas emprego no nosso país. Apazer da falta de informação sobre o porto para a população, que o Porto de Mariel está sendo construído por empresas brasileira como a empresa DEBLEX e outros e nao ser informado das vantagens trazida pelo Porto de Mariel para os países.

    ResponderExcluir
  23. O investimento em Cuba veio a tona nas últimas eleições, não apenas para causar um impacto social, mas por ser omitido pelo atual governo.
    Sem dúvida alguma o porto de Cuba pode ser lucrativo para o Brasil, porém, com a exportação para os EUA, algo que só deve acontecer se o embargo econômico acabar. Na minha opinião apenas o mercado da America Central não justifica esse investimento de risco.
    Além da falta de transparência do governo petista, esse investimento poderia ser feito no próprio Brasil que sofre com mobilidade urbana, infraestrutura e logística, principalmente nas grandes metrópoles. Talvez um investimento interno seria mais seguro, e trouxesse um maior beneficio para empresas brasileiras.

    ResponderExcluir
  24. Falta de informação são as melhores palavras ao povo brasileiro.
    Muitos dizem que o Brasil investe em outros países em vez de investir em si próprio, por exemplo no Porto de Mariel em Cuba.
    Primeiramente não é o Brasil e sim empresas privadas que passaram por uma seletiva para que pudessem fazer parte dessa enorme obra que causará grande impacto inclusive econômico, o BNDES foi quem financiou a maior parte sim mas o BNDES só financia projetos que tragam benefícios ao Brasil. Ai você se pergunta que benefício nos trará um porto em Cuba? Primeiramente os empregos gerados foram destinados a brasileiros a final as empresas escolhidas para concluir esse projeto são brasileiras, o Brasil tem cerca de 300 empresas que fazem negócios com Cuba o que nos traria mais benefícios pois a entrada e saída de produtos ficará mais rápida. Do ponto de vista estratégico o Brasil fez o que devia ser feito, gerou renda pra si construiu um porto de maior calado mais próximo, gerou empregos e ainda melhorou as relações internacionais
    Otávio Augusto Vitor

    ResponderExcluir
  25. Causou certa indignação em determinados setores da sociedade brasileira a inauguração do porto de Mariel, mas o investimento brasileiro é um símbolo da amizade duradoura entre os governos do Brasil e de Cuba, bem como um importante passo para a integração latino-americana.
    Stéfanny Alves de Campos - Administração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Everson l. de Souza16 de novembro de 2014 10:43

      Por se tratar de um investimento fora do Brasil,com certeza iria trazer muita discussão, mais vendo Direito essa estrategia que o Brasil esta fazendo no Porto de Mariel em Cuba,e grandes as chances de obter resultado no futuro.O Brasil pode crescer muito naquela região do Caribe,Cuba pode não ser um grande Pais,mais tem uma posição geográfica privilegiada e os canais muito bom.só mesmo o futuro pra saber se essa estrategia vai dar certo.

      Éverson l. de souza - logistica

      Excluir
  26. Mesmo sabendo à importância da construção do Porto de Mariel, em Cuba, e esse beneficio para vários países, como o exemplo dito no texto "O Porto de Mariel é estratégico para a passagem de produtos entre países europeus, Brasil, países centro americanos com toda a costa Pacífica das Américas e países asiáticos, Austrália, Nova Zelândia. Será um porto independente dos Estados Unidos, gerando concorrência e melhores oportunidade principalmente ao pré-sal brasileiro. O interesse é tão grande pelos países à posição estratégica deste porto, que o mesmo será entregue a administração das operações a empresa da Holanda e Singapura.", acredito que o Governo Brasileiro deveria informa melhor toda a sua população, para que não fiquem sabendo por terceiros como é atualmente. Alias, o dinheiro que é investido é fruto dos nossos imposto.

    Rafael dos Santos Souza - Logística 2º Semestre

    ResponderExcluir
  27. Se pararmos um instante e analisarmos a situação em que hoje se encontra nosso país, é extrema relevância acreditar que é fruto de um governo muito distinto dos outros que já se passaram. Visto que, de pontos cheio de vantagens, características predominante forte de um país capitalista original, com propostas inovadoras e conteporâneas, chegamos à uma conclusão que hoje, o Brasil é um dos (pouquissímos) países que tem essa disponibilidade toda em ajudar “o próximo”, nosso sistema de economia gera a sociedade: organização em termos políticos, econômicos e sociais. Toda esssa sociedade, independente da organização econômica e do regime político, são obrigadas a fazer opções versus escolhas entre às alternativas propostas. Hoje temos no Brasil o Banco de Fomento, mais representativo o BNDES, onde é oferecido linhas de créditos com juros bem baixos com a finalidade de financiamento promovendo o desenvolvimento econômico. Ainda nessa linha de pensamento, nesse ano de eleições, muito foi falado sobre economia e ataques ao atual governo por ter participado, ou melhor ter construido o Porto de Mariel. O fato de haver essa união entre Brasil e Cuba, que aceitaram e souberam fazer devidas negociações, grande parte da população que julgaram e submeteram a fazer críticas inconstrutivas sem ao menos ter uma gota de conhecimento, significa que hoje o Brasil não vai pra frente, não por causa do governo, nem por causa dos investimentos que são feitos fora do país. Mas sim, de uma sociedade ignorante de informações, arrogante da verdade real e preocupada apenas pelos seus interesses.
    Deixo aqui uma singela opinião.

    Carla F. Braido Lanatovitz. Administração 2ºB

    ResponderExcluir
  28. Segundo o texto, não houve cubanização da parte da Alemanha. Cuba tinha uma estratégia, porém não tinha como investir então lançou uma concorrência entre outros países para que o Porto de Mariel fosse desenvolvido. Porque através dele irá haver importações e exportações entre os países europeus, asiáticos e da América, e o capital investido nessa estratégia irá trazer benefícios incomparáveis para a economia brasileira. Porque nós somos empreiteiras e Cuba é o nosso cliente.

    Késia Almeida - R.A 11412314 - Logistica

    ResponderExcluir
  29. Analisando a situação que o texto descreve, vemos que Cuba criou uma estratégia onde vários países tiveram a oportunidade de investir no Porto de Mariel, o Brasil por sua vez ganhou a ''disputa''. O Porto irá trazer lucros para ambos os países envolvidos, ele é estratégico para a passagem de produtos entre países europeus, Brasil, países centro americanos e asiáticos. Sem nenhuma ligação com os EUA ele criará concorrência e oportunidade também ao pré-sal brasileiro. O mesmo será entregue a administração das operações a empresa da Holanda e Singapura pelo grande interesse dos países à posição estratégica do Porto.

    Cláudio Batista - R.A 11412313 - Logística

    ResponderExcluir
  30. Informação muito longe de que haviamos ouvido nesses meses antes das eleições. A verdade é que nosso povo é manipulado, controlado por nossa mídia. Projeto do Porto Mariel será de extrema importância para o desenvolvimento logístico do nosso país, e pelos frutos que iremos colher o valor gasto é irrisório mesmo. Parabéns pelo post, e pela informação.

    Caio César Orlando RA: 11412299

    ResponderExcluir
  31. Conforme o proprio texto diz, temos que entender para depois tirar conclusões, pois o que se houve por aí é sempre esse assunto relacionado a politica, onde essa informação é erronia, pois sendo o Brasil o pais responsavel pelo investimento, o brasileiro é quem esta sendo beneficiado, pois cerca de 80% dos materiais utilizados na construção do porto são de origem brasileira, fazendo com que a economia cresca, gerando paralelmente empregos diretos e indiretos, Cuba é um país promissor, pois além de educado, sua mão-de-obra é bem qualificado.
    Esse porto será administrado por Holanda e Singapura, vale salientar também que esse financiamento teve a possibilidade de vários países concorrerem, sendo o Brasil vencedor, não apenas pelo menor preço, mais também pelo bom relacionamento entre os países.
    Acredito que se houvesse mais informações para a população, não daria tanta repercussão, pois informação é crucial.

    Emerson Sergio Santana 11412020 Logística

    ResponderExcluir
  32. É positivo para o Brasil ser pioneiro do Porto de Mariel, pois Cuba tem um grande potencial, tem mão de obra de alta qualidade, é uma oportunidade excelente no processo de exportação e importação, e na geração de empregos, é um investimento ótimo para o Brasil, pois Cuba é um país promissor. O Porto de Mariel é estratégico para passagem de produtos entre países europeus, o Porto vai ser bom em tudo para o Brasil, o mesmo tem posição geográfica e um calado privilegiados.
    Faltou informações para a população, pois a mídia pode falar oque eles quiserem, e tendo as informações nós iriamos pode tirar as conclusões e ver como é um investimento bom.

    Ana Cláudia Silva Alcântara 11412376 - Logistica

    ResponderExcluir
  33. O Brasil foi muito inteligente em investir no Porto de Mariel, uma vez que o país já tem bastante inserção econômica na America do Sul. Podemos notar através do texto que essa foi uma decisão estratégica e que com esse investimento o país ganhará mais poder econômico até porque o retorno financeiro é garantido através do “Project Finance” que foi acordado entre as partes. O direito de utilização do porto sem nenhuma ligação com os EUA ele criará concorrência e oportunidade também ao pré-sal brasileiro.
    Uma provável suspensão norte-americana do embargo econômico sobre Cuba poderá facilitar a entrada de produtos brasileiros nos EUA o que seria muito positivo. Outro ponto interessante dessa matéria é o novo pensamento de Cuba. O país esta se espelhando muito na China então se tudo ocorrer dentro do planejamento, num futuro não tão distante Cuba caminhará para uma economia de mercado ou Capitalismo de Estado.

    Edson Roberto Ramiro Junior - RA: 11411955 (Logistica)

    ResponderExcluir
  34. Acredito, com a construção do porto de Mariel, isso ira trazer grandes benefícios para o Brasil, como crescimento na área de exportação, assim também com um grande aumento de emprego para o povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  35. A mídia muitas vezes é falha e tendenciosa.
    Nesse período eleitoral uma simples informação de tamanha importância, é convertida em mentira para beneficio de seus aliados. Só agora com informações tão importantes e claras que estão neste blog pude ver as coisas com mais clareza.
    Cada vez mais nos tornamos mais independe quanto à informações maléficas, á procurar e pesquisas em outros canais de informações.
    O Porto cubano é uma excelente estratégica!
    A participação brasileira foi acirrada com varias empresas de outros países e como o brasil sempre teve um bom relacionamento com Cuba, isso pesou muito e foi favorável para ganhar a obra.
    A localização geográfica, é um dos vários outro motivos que fez com que o brasil participasse da concorrência da obra.
    Mariel para a política externa brasileira. A proximidade com o Canal do Panamá e, mais ainda, com os Estados Unidos, representa uma excelente oportunidade para a conquista de novos mercados e também para a consolidação do Brasil como uma potência verdadeiramente emergente.

    ResponderExcluir
  36. O Porto de Mariel é um investimento muito grande para economia brasileira,gerando muito desenvolvimento nas importações e exportações. Cuba tem uma influencia muito grande para o crescimento de grandes assuntos necessários, que trará oportunidades ótimas para o Brasil. Essa ideia do Porto mesmo sendo um valor alto investido será de um retorno alto para a economia. Muitas pessoas que não se informaram e aprofundaram no assunto criticam devido às eleições. Mais acredito que com o retorno que essa estratégia irá trazer,muitos iram se contradizer.
    Tatiane Farias
    R.A 11310083

    ResponderExcluir
  37. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  38. Um governo que pensa à frente garante um futuro melhor para todos os brasileiros.Se isso significa expandir nossas fronteiras e ocupar, ainda mais, nossa posição no cenário internacional eu creio que essa relação é boa pra todo mundo e passa longe de ideologia, é bom para a nossa economia. Esta relação abrangera questões tributarias, monetária, bancarias e trabalhistas.


    Thairiny Mayara 1º B Administração

    ResponderExcluir
  39. Nota-se claramente que é um bom investimento já que o titulo do texto enfatiza que a Alemanha “cubanizou”, isso mostra que apesar das crises econômicas em que o Brasil vem sofrendo, um investimento em que no futuro pode gerar empregos e um crescimento positivo na economia brasileira neste momento é viável. Mesmo com todos os comentários negativos sobre a parceria entre o Brasil e Cuba que foi um dos alvos desta eleição, com as importações e exportações vindas do Porto de Mariel o Brasil irá se beneficiar.

    Jhonata Lira de Holanda 2º B Administração

    ResponderExcluir
  40. Atualmente o Brasil ganhou a concorrência para a Construção do Porto de Cuba. Para que? Por que? Isso é a duvida da grande maioria dos indivíduos honestos do país. A grande maioria se pergunta o que agrega ao nosso país essa construção. Porque não melhorar a saúde, educação e tantas outras coisas que estão faltando em nosso país. Não o nosso governo atual ( que será o mesmo até 2018) prioriza a parceria com outros países e a "amizade" com os outros países. Infelizmente eu no meu entendimento ( bem pouco , porem curioso) não vejo nada de bom nessa construção.Vejo apenas mais pessoas passando fome e sede ( pois a água esta acabando)e o governo não tomando nenhuma providencia.Assim como não concordo com o Bolsa Família, pois conheço muitas pessoas que tem esse beneficio sendo que não precisam, sendo que ganham muito bem , porem mesmo assim querem sugar o que poderia estar sendo investido em outras áreas.
    Ou seja, para mim nada que esta sendo declarado como um investimento é realmente um investimento, para mim é apenas política, mas temos que lembrar que a política não mata a fome e a sede do nosso país. Por mim esse partido atual já estaria fora do comando a muito tempo, pois não estou vendo melhorias ao povo e sim aos políticos ladrões, que tem o direito até de ficar preso em casa. Tem coisa melhor que essa? Você ficar em casa, como todo o seu dinheiro ( pois tem dinheiro com laranjas) ? Infelizmente essa é a nossa realidade, triste , porem é o que temos.

    Isabela Delgado RA 11411839 Administração 2ºB

    ResponderExcluir
  41. Bom levando em consideração o exposto nessa reportagem, nós faz pensar se os investimentos que o Brasil ou mais precisamente o BNDES fez no porto de Mariel em Cuba foi em vão, mais ao meu ponto de vista o Brasil está tentando abrir novos investimentos tentando alavancar ainda mais a economia brasileira buscando novos investimentos , mas de certa forma nós brasileiros precisamos ler mais e tomar consciência do que está acontecendo ao nosso redor no brasil e no mundo e não apenas em politica ou em quem ganhou as eleições presidenciais.

    Marcia Neves da Silva RA: 11208573 2º B Administração

    ResponderExcluir
  42. "Cuba não conta com variedade significante de matérias-primas e nem é um país industrializado. Mas tem uma posição geográfica privilegiada, que, no futuro será de grande importância."...Segundo este trecho citado, o Brasil ajudou, e está ajudando Cuba atualmente , criando vínculos sócio-politicos para se beneficiar futuramente.

    Vinicius Genicolo Carinhanha RA: 11413168 2ºB Administração

    ResponderExcluir
  43. Acredito que é uma oportunidade interessante tanto para o brasil como para outros países , tendo em vista a localização estratégica de cuba , sem contar no vínculo político em que brasil e cuba estão realizando , por outro lado acredito que devemos colocar na balança e ver qual a melhor opção , pois o brasil tem muito problemas econômicos e políticos para serem resolvidos primeiro.A melhor atitude quando se vai tomar uma decisão é andar um passo de cada vez , pois senão as coisas melhoram de um lado e pioram de outro.


    Diego de oliveira RA:11206721 2°B

    ResponderExcluir
  44. o Brasil tem que começar a investir mesmo, tanto dentro como fora do país, uma parte que resume muito bem isso é "Todos os países tem suas empreiteiras trabalhando em inúmeros outros países, da mesma forma as empreiteiras brasileiras o fazem. Há empreiteira brasileira atuando em 22 países na atualidade. Daí é absolutamente natural que um dos países seja Cuba. Não se pode comparar ou analisar que o dinheiro gasto no porto de Mariel o governo brasileiro poderia usar em construir um porto ou um hospital no Brasil, pois é um racional absolutamente errado que se tenta incutir na cabeça do povo, isto porque quem atua como participante de uma concorrência é uma empresa privada. ".
    O povo brasileiro tem que para de ser ignorantes para confiar nas mídias que são claramente contra o governo .
    Viviane Larissa Ferreira Meiro RA:11412915 ,Administração 2ºB

    ResponderExcluir
  45. No texto explica a concorrência que o Brasil ganhou referente ao porto de Cuba, esse porto foi construído através de recursos brasileiros pois Cuba não tem os recursos necessários. Porem esse recurso que foi enviado a Cuba poderia ter sido sim utilizado em nosso país , pois não adianta termos um pais com ótimas relações internacionais e não termos um pais com hospitais e escolas nas condições atuais.Creio que os Investimentos devem sim serem feitos fora do país , mas se eles fossem utilizado em nosso país como primeira opção teríamos hoje muito mais qualidade de vida.


    Danielle Pereira RA: 11003788 2° B Administração

    ResponderExcluir
  46. O texto fala sobre a questão financeira dos países que mutas vezes são afetados pela exportação, há países com maior influencia como o porto de cuba, pois sua posição geográfica ajuda nessa atividade. "Se todos lerem a respeito verão o porquê países europeus e asiáticos participaram desta concorrência pública. O Porto de Mariel é estratégico para a passagem de produtos entre países europeus, Brasil, países centro americanos com toda a costa Pacífica das Américas e países asiáticos, Austrália, Nova Zelândia. Será um porto independente dos Estados Unidos, gerando concorrência e melhores oportunidade principalmente ao pré-sal brasileiro." Essa frase mostra o porque que esses países conseguem permanecer como um forte concorrente.

    Osvaldo ferreira RA: 11412963 ADM turma B

    ResponderExcluir
  47. Sem dúvida alguma o porto de Cuba pode ser lucrativo para o Brasil, porém, com a exportação para os EUA, algo que só deve acontecer se o embargo econômico acabar. Na minha opinião apenas o mercado da America Central não justifica esse investimento de risco.
    Além da falta de transparência do governo petista, esse investimento poderia ser feito no próprio Brasil que sofre com mobilidade urbana, infraestrutura e logística, principalmente nas grandes metrópoles. Talvez um investimento interno seria mais seguro, e trouxesse um maior beneficio para empresas brasileiras.
    Thais Camila Ferreira RA: 11412010 curso: administração 2B

    ResponderExcluir
  48. Sem dúvida alguma o porto de Cuba pode ser lucrativo para o Brasil, porém, com a exportação para os EUA, algo que só deve acontecer se o embargo econômico acabar. Na minha opinião apenas o mercado da America Central não justifica esse investimento de risco.
    Além da falta de transparência do governo petista, esse investimento poderia ser feito no próprio Brasil que sofre com mobilidade urbana, infraestrutura e logística, principalmente nas grandes metrópoles. Talvez um investimento interno seria mais seguro, e trouxesse um maior beneficio para empresas brasileiras.
    Thais Camila Ferreira RA: 11412010 curso: administração 2B

    ResponderExcluir
  49. Sem dúvida alguma o porto de Cuba pode ser lucrativo para o Brasil, porém, com a exportação para os EUA, algo que só deve acontecer se o embargo econômico acabar. Na minha opinião apenas o mercado da America Central não justifica esse investimento de risco.
    Além da falta de transparência do governo petista, esse investimento poderia ser feito no próprio Brasil que sofre com mobilidade urbana, infraestrutura e logística, principalmente nas grandes metrópoles. Talvez um investimento interno seria mais seguro, e trouxesse um maior beneficio para empresas brasileiras.
    Thais Camila Ferreira RA: 11412010 curso: administração 2B

    ResponderExcluir
  50. Realmente o Brasil está passando por problemas em relação à crescimento em diversos setores, na economia falta estratégia, investimentos, estamos com um bloqueio que está afetando o País. Esse investimento em relação ao Porto de Cuba, pode se dizer que ainda não se sabe futuramente no que vai dar, essa parceria ainda se mostra omissa, porém a lados positivos, podendo gerar empregos, estabilidade econômica ao Brasil na exportação.

    Deivison N. Silva - R. A 11410962 - 2° SEM B ADMINISTRAÇÃO

    ResponderExcluir
  51. A falta de entendimento e a ausência de verdadeiras informações, fazem surgir diversos comentários, muitas das vezes, críticas sobre o assunto. A polêmica se da, ao fato de, o Porto de Mariel ter sido erguido , devido ao financiamento feito pelo BNDES.
    Em meio a diversas críticas, não se vê que, a criação do Porto, pode ser um fator benéfico para o País, ampliando a importação e exportação, expandindo a área para as empresas brasileiras atuar.
    O que se espera é que, o Porto de Mariel traga o aumento de emprego para o povo brasilero e, seja uma fator lucrativo para o Brasil.

    Gabriela de lima Oliveira R.A 11413129 2B / ADMINISTRAÇÃO

    ResponderExcluir
  52. Crescer...
    É o que todos queremos para nosso gigante, mas será que quem nos representa está andando pelo caminho certo?
    O porto de Mariel é um investimento grandioso para nossa economia,financiado com o dinheiro brasileiro, tornando o país um dos ícones em relações internacionais, mas o que o Brasil precisa nesse momento para sua verdadeira ascensão é cuidar de seu povo, que vive as minguas, com uma educação base de péssima qualidade, sem hospitais ou centros de tratamento entre diversos outros problemas que enfrentamos.
    E agora fica a questão: Estamos investindo no progresso, ou em mais um elefante branco?

    Carolina Crepaldi R.A 11411000 2º B ADM.

    ResponderExcluir
  53. Boa tarde,

    Com a falta de informações ou busca das mesmas, recebemos informações que não convém a realidade, pessoas com diferentes objetivos nos influenciam para estarmos juntos a elas.
    O Brasil passou por uma grande concorrência para estar administrando as obras do Porto de Mariel, a empreiteira junto ao um empréstimo de um Banco de Fomento brasileiro, esta gerando milhares de empregos para os brasileiros.
    Não é só pela obra do porto, a zona econômica/Industrial que o Brasil ira atingir sera muito maior, é um local estrategicamente posicionado atingira diversos pontos: entre países europeus, Brasil, países centro americanos com toda a costa Pacífica das Américas e países asiáticos, Austrália, Nova Zelândia. Será um porto independente dos Estados Unidos.

    Lucas Boer RA: 11310377 Logística.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse projeto se mostra importantíssimo para a nossa economia, resta saber se o governo aproveitará isso em benefícios para sociedade. Espero que nos brasileiros acompanhemos esta longa história para combrarmos retorno positivo.

      Renata Souza RA 11410927 2B Administração

      Excluir
  54. O texto fala sobre o investimento do Brasil interno e externo com ajuda do Banco de fomento.Todos os países tem suas empreiteiras trabalhando em inúmeros outros países, da mesma forma as empreiteiras brasileiras o fazem. Há empreiteira brasileira atuando em 22 países na atualidade. Daí é absolutamente natural que um dos países seja Cuba. Não se pode comparar ou analisar que o dinheiro gasto no porto de Mariel o governo brasileiro poderia usar em construir um porto ou um hospital no Brasil, pois é um racional absolutamente errado que se tenta incutir na cabeça do povo, isto porque quem atua como participante de uma concorrência é uma empresa privada.
    Daniela Aparecida Rodrigues Ra:11412925 Administração 2B

    ResponderExcluir
  55. Com Base no texto podemo observar que fala que o Brasil ganhou referente ao porto de Cuba, esse porto foi construído através de recursos brasileiros pois Cuba não tem os recursos necessários. Porem esse recurso que foi enviado a Cuba poderia ter sido sim utilizado em nosso país , pois não adianta termos um pais com ótimas relações internacionais e não termos um pais com hospitais e escolas nas condições atuais.Porque não melhorar a saúde, educação e tantas outras coisas que estão faltando em nosso país. Não o nosso governo atual ( que será o mesmo até 2018) prioriza a parceria com outros países e a "amizade" com os outros países. Infelizmente eu no meu entendimento ( bem pouco , porem curioso) não vejo nada de bom nessa construção.Vejo apenas mais pessoas passando fome e sede ( pois a água esta acabando)e o governo não tomando nenhuma providencia.Assim como não concordo com o Bolsa Família, pois conheço muitas pessoas que tem esse beneficio sendo que não precisam, sendo que ganham muito bem , porem mesmo assim querem sugar o que poderia estar sendo investido em outras áreas. Afinal para mim Esse partido teria que tá fora , pois não invete em algo para a população em algo que faz o bem para os cidadão .

    BIANCA CAROLINA MARANGON RA 11411345 2B ADMINISTRAÇÃO

    ResponderExcluir
  56. É possível concluir que o investimento brasileiro ao porto de Mariel em Cuba trará benefícios e lucros.
    É algo estratégico pois o Brasil não está realizando nenhum tipo de doação ao país cubano, isso é aliança, pareceria e acordo de interesses para ambos. Se o Brasil não financiasse o porto, empresas canadenses, americanas, alemãs ou chinesas é quem ficariam com a obra, dinheiro e com os empregos que agora estão no Brasil.
    Em tempo de eleições e pós eleição ( ainda há aqueles que insistem em querer discutir e mudar algo que já está denifido rs) onde pessoas se revelam incapazes de entender e dominar o assunto, preferem fazer críticas simplórias e cegar os olhos para o ganho que tamanho acordo/parceria pode trazer ao nosso país.

    ResponderExcluir
  57. As informações não coincidem! A falta de entendimento, inclusive no investimento para fora do país, o povo brasileiro infelizmente, ainda é leigo. Temos que buscar maneira positiva, pois esse investimento nos trará diversos benefícios e não se deixará de investir no Brasil, quando começar a terem retornos será ótimo! Mas nada adiantará se não estiver retorno benéficos para o próprio país.

    Jéssica Damiana RA 11411450 Administração 2°sem

    ResponderExcluir
  58. Só nos resta esperar o que esse investimento vai trazer, todos nós esperamos e precisamos que seja resultado positivos.
    "O porto de Mariel é um colosso. Ele é considerado tão sofisticado quanto os maiores terminais do Caribe, os de Kingston (Jamaica) e de Freeport (Bahamas), e terá capacidade para receber navios de carga do tipo Post-Panamax, que vão transitar pelo Canal do Panamá quando a ampliação deste estiver completa, no ano que vem. A obra, erguida pela Odebrecht em parceria com a cubana Quality, custou 957 milhões de dólares, sendo 682 milhões de dólares financiados pelo BNDES. Em contrapartida, 802 milhões de dólares investidos na obra foram gastos no Brasil, na compra de bens e serviços comprovadamente brasileiros. Pelos cálculos da Odebrecht, este valor gerou 156 mil empregos diretos, indiretos e induzidos no País."


    Gabriel Cosaro de Godoi Ra: 11411278 2º B Adm

    ResponderExcluir
  59. Ao contrário que as pessoas dizem que o Porto construído em Cuba, é uma jogada política que visa interesse pessoal de governantes, será a médio-longo prazo uma forma de arrecadação com exportações ao país brasileiro. Construído num local estratégico, o Brasil firmará alianças com países , ganhará expansão comercial e como consequência trará uma melhor economia ao país.

    Mateus Henrique Garcia Luiz - RA 11412116 - ADMINISTRAÇÃO FAJ 2ºB

    ResponderExcluir
  60. O Porto de Mariel foi uma aposta certeira, uma grande estratégia de benefícios e oportunidades tanto a exportações e importações quanto ao desenvolvimento brasileiro. Apesar de ser um valor muito alto investido pelo BNDS, teremos um grande retorno para nossa economia.

    Maria Júlia Pinto RA: 11412406

    ResponderExcluir
  61. O Porto de Mariel na realidade é um grande investimento para o Brasil, o plano é para que futuramente gere um grande desenvolvimento nas importações e exportações. Foi sim, um valor alto investido, mas terá um retorno alto para a economia brasileira. Muitas pessoas criticam, devido as eleições, mas todos deveriam pesquisar e estudar um pouco mais, procurar entender esse lado, que esta sendo um grande investimento, para o próprio desenvolvimento do país.

    Jéssica Aparecida Albino RA:11411668

    ResponderExcluir
  62. O porto está a menos de 150 quilômetros do maior mercado do mundo, o dos Estados Unidos. Ainda está em vigor o embargo norte-americano a Cuba, mas ele é insustentável a longo prazo. “O embargo não vai durar para sempre e, quando cair, Cuba será estratégica para as companhias brasileiras por conta de sua posição geográfica. Acredito que é um estratégia para o Brasil a longo prazo, ou seja, o financiamento do BNDES que tem por finalidade o desenvolvimento social, está correto ao liberar tal montante.

    Cassio Zwicker RA: 11412755

    ResponderExcluir
  63. O Porto de Mariel foi uma grande ponta pé incial , com varias estrategias, com grande exportações e importações, melhorando muito o desenvolvimento brasileiro, e vem contando com a ajuda do BNDS, e com tudo isso téra um grande retorno para nossa economia brasileira

    João Augusto Stefani Adm 2º B RA: 11310637

    ResponderExcluir
  64. O Porto de Mariel é um investimento muito grande para economia brasileira, gerando desenvolvimento nas importações e exportações. Porque país que não exporta não cresce, não adquire divisas e não se insere na economia internacional, ficará estagnado na mesmice sem evolução. Então com esse projeto promoveríamos a inovação e estimularíamos a capacitação de mão de obra altamente especializada, ou seja estaríamos ganhando algo em "troca".


    JESSICA CRISTINA BARBOSA RA: 11207608 2ºB

    ResponderExcluir
  65. Embora o Brasil precise de mais investimentos, necessidade de educação e saude, etc etc .. o Porto de Mariel foi um investimento muito grande para economia, podendo então gerar mais emprego e satisfação para nosso Brasil, assim sendo recompensado por todo o valor gasto na construção do porto.

    Dalila Toche Fernandes RA:11411953 Administração 2ºB

    ResponderExcluir
  66. Nesta época de eleição foram vários os comentários sobre o Porto de Mariel, pois não houve um verdadeiro esclarecimento dos fatos para a população. Porém, a falta de conhecimento do povo gera críticas referente ao projeto, antes mesmo de buscar conhecê-lo, é preciso se informar e entender como funciona e quais serão os seus benefícios. O Porto de Mariel é um investimento que resultará no desenvolvimento econômico para o país, aumento de empregos, crescimento das importações e exportações e também no relacionamento com outros países.

    Camila Pereira Sousa - 2º ADM B

    ResponderExcluir
  67. Vejo que falta informação sobre o assunto mais parece ser um bom investimento pra nosso pais, mais acho que seria melhor investir na modernização de nossos portos e ate mesmo a construção de outro para desafogar nossa via náutica, pois pelo que vi em nossa visita técnica ao Porto de Santos estamos bem atrasado em estrutura pra esse tipo de transporte.

    Jonas Fernando Pacheco RA: 11412994 2ºB

    ResponderExcluir
  68. Uma oportunidade excelente para o desenvolvimento econômico do país, embora eu continue achando necessária a qualificação da educação e saúde no Brasil, para darmos mão de obra qualificada ao porto, não só na construção, temos potencial para decolarmos do subdesenvolvido para o desenvolvido, a entrevista nos dá um grande exemplo disso, quando o entrevistado diz que os cubanos estão preparados para receber o porto, pois já estão muito bem resolvido em questão de saúde e educação, agora e o Brasil?

    Erivelton Marcos Proencio 1141228 Administraçao 2 B

    ResponderExcluir
  69. O porto de Cuba é de um grande investimento um grande fator positivo ao Brasil e a demanda de operações através desenvolvimento, planejamento do porto, matéria prima na construção entre muitas outras operações isso faz com que o banco de fomento tende a desenvolver a evoluir aonde gera um bom resultado ao Brasil.
    Um ponto interessante é a garantia em que cuba fornece ao Brasil que é todo a receita do porto em troca dos atrasos.
    Observação : O olhares do mundo estão voltados a criação do porto.

    Airton Gonçalves 2ºB

    ResponderExcluir
  70. a construção do porto cubano é uma oportunidade para o Brasil crescer através da importações e exportações, visando o maior mercado do mundo(americano),assim o retorno futuro será satisfatório na economia do brasil acreditam os governantes

    Igor Bruno De Assis Barbosa RA.11310121 administração 2B

    ResponderExcluir
  71. Acredito que com este alto investimento ao Porto de Mariel em Cuba, o Brasil está visando benefícios futuros e o crescimento economico do país, mas o descaso com a população e a falta de informação sobre este assunto, faz com que o povo se revolte contra esta aliança, pois o nosso país necessita de uma atenção maior.O Brasil precisa crescer sua economia, mas também precisa dar condições melhores para a população.

    Juliana Soares RA: 11412098 Administração 2°B

    ResponderExcluir
  72. De fato, o investimento do porto de mariel, economicamente é um grande passo, porém seria se fosse em um pais desenvolvido, na educação, saúde, entre outras, não no Brasil que atualmente se encontra em um estado em que pessoas tem necessidades básicas tão minimas, para se viver bem que não são atendidas, como saneamento básico, entre tantas coisas, agora com a falta de água,que o governo infelizmente finge que não vê.
    Isabela Delamico Ra 11411509 2°

    ResponderExcluir
  73. O mundo está de olho nos benefícios do porto e até empresários americanos, chefiado pelo Thomas Donohue, visitou o Porto de Mariel e ouviu propostas mútuas de parcerias. Com isso observa-se ser bastante preconceituoso e lotado de paradigma quando relatam internamente no Brasil que independente do financiamento do BNDES a empresas brasileiras, foi doado às obras pelo governo brasileiro através do Ministério do Desenvolvimento Econômico R$240 milhões (100 milhões de dólares) através de contrato sigiloso por 30 anos, onde aposta-se num retorno ao desenvolvimento brasileiro muito superior a isso, pelos benefícios que o Brasil terá no uso do porto.

    Leonardo Monteiro RA:11411452 ADM 2ºB

    ResponderExcluir
  74. O Brasil tem um interesse econômico em Cuba em desenvolver o Porto Mariel, e isto é um plano bem estratégico, pelo Brasil ser um país Sul-Americano e por ter muita inserção na América do Sul e isso é uma oportunidade para a zona econômica do país entre exportação e importação, e industrialização. O Porto Mariel será um dos Portos mais fortes do Mundo, e será construído por empresas brasileiras e financiado por Cuba, e todo material e equipamentos foram feitos por empresas brasileiras e será um Porto de moeda forte. Cuba será uma "plataforma" pra exportar para todos os países da América Central que juntos formam um mercado grande. E isto significa incrementar a economia brasileira e a parte social do seu povo, e as empresas vão atrás de sua atividade core, ampliar negócios e gerar lucros. O Brasil não é o “inventor” dos Bancos de Fomentos, assim como não é o inventor de Bolsa Família, Programa Mais Médicos e outros, pois existem em inúmeros outros países. O Brasil ainda está atrás de muitos países em termos de investimentos através de Bancos de Fomento, porque países como Estados Unidos, Alemanha, Japão, tem estas estruturas em benefício de sua população em volumes de dinheiro investido muito maior que o brasileiro, apesar do BNDES ter batido recorde de lucro no 1º Semestre e 3º Trimestre de 2014. Com certeza o Porto Mariel irá trazer grandes estratégias de benefícios e oportunidades tanto a exportações e importações quanto ao desenvolvimento brasileiro. Apesar de ser um valor muito alto investido pelo BNDES, teremos um grande retorno para nossa economia.

    Bruna de Godoy RA : 11411158 Administração 2ºB

    ResponderExcluir
  75. O Brasil é um país que está em fase de crescimento econômico ,quando falamos de investimentos em outro país,uma parte da população sem informação se revoltam ,sem saber a importância do investimento .O Porto de Muriel nada mais é que uma estratégia econômica para o crescimento do país,com o Porto as relações com países desenvolvidos vão melhorar ,as importações e exportações aumentam e consequentemente o número de empregos para o Brasil também.

    Caroline Fernandes Silva R.A. :11412193 Administração 2°B

    ResponderExcluir
  76. Geograficamente, Cuba, não possui fronteiras terrestres por se tratar de uma ilha. Mariel abre portas para o Brasil num lugar estratégico do mundo voltado tanto para o Atlântico quanto para o Pacífico. E o Brasil é exportador de uma grande variedade de produtos entre os principais são: minério de ferro, aço, soja e derivados, automóveis, cana-de-açúcar, aviões, carne bovina, café e carne de frango. Fato que fortalece sua economia e contribuem para o crescimento do PIB.
    Um dos grandes gargalos para o desenvolvimento ao longo prazo na América Latina é a deficiência da infraestrutura portuária da região. Como a falta de capacidade dos portos.
    Com financiamento do governo brasileiro ao porto de Mariel cria uma significativa relação internacional e comercial com Cuba e outros Países. Portanto, é importante identificar novas fontes de capital, como é o caso da China, que, além de se tornar parceira de peso no comércio com a região, tem financiado projetos de infraestrutura portuária pelo continente.

    Luciene Camilo S.F R.A 11412195 Administração 2ºB

    ResponderExcluir
  77. Cuba não é um país desenvolvido, mas esta localizado em um ponto geográfico muito importante, isso irá trazer melhorias para o país com a chegada de um porto, para a facilitação logística entre os portos internacionais, ajudando muito o Brasil futuramente tanto na importação e exportação, contribuindo para o desenvolvimento econômico.

    RODRIGO GUSTAVO RODRIGUES RA:11412681 LOGÍSTICA ( FAJ )

    ResponderExcluir
  78. Para trazer desconforto, desinformação e demonizar os atuais governantes, com o intuito de incutir uma ideia errada à população de seu país, tudo isso seria criado porque as empresas alemãs participaram da concorrência internacional aberta pelo governo de Cuba para construção do seu estratégico porto de Muriel. Tudo isso aconteceu, exceto o processo de desinformação da empresa alemã, pois a imprensa de lá é mais profissional e isenta a parte porque o povo é mais atento a tentativas de engodos. Brasil, Japão, México e outros, participaram da concorrência internacional para a construção do Porto de Mariel em Cuba, porque empresas vão trás de sua atividade core, ampliar negócios e gerar lucos. O mundo está de olho nos benefícios em que o Porto de Mariel pode trazer.

    Luana Nayara da Silva Ra:11412549 2ºB ADM

    ResponderExcluir
  79. Temos que entender para depois tirar conclusões, pois o que se houve por aí é sempre esse assunto relacionado a politica, onde essa informação é erronia, pois sendo o Brasil o pais responsável pelo investimento, o brasileiro é quem esta sendo beneficiado, pois cerca de 80% dos materiais utilizados na construção do porto são de origem brasileira, fazendo com que a economia cresça, gerando paralelamente empregos diretos e indiretos, Cuba é um país promissor, pois além de educado, sua mão-de-obra é bem qualificado.

    João Paulo Pinton de Souza R.A: 11411445

    ResponderExcluir
  80. Visando o lado crítico onde ficam para uns a dúvida do porque o Brasil ao invés de investir para criar um porto aqui estaria investido para o Porto de Mariel, tendo em vista para uns como uma ameça.Eis que Cuba tem um movimento economista em seu mercado que seria interessante para o Brasil,Cuba segue as estratégias da China,dando previsões de que será um dos países mais bem sucedidos,sua localização atenderá o mercado,importando e exportando para outros países,tendo a chance de exportar para todas as plataformas,esse seria um dos motivos para se aliar com Cuba.Além do mais o Brasil não consegue aplicar todos os recursos que tem,essa seria uma grande dificuldade,já que seriam necessárias aprovações e também por problemas ambientais.Essa aproximação do Brasil com Cuba já teria dado início com Fernando Henrique,e hoje pode sim ser vista como uma grande oportunidade de uma melhora da situação econômica no Brasil, sendo assim um movimento muito importante para a situação brasileira, já que Cuba tendo os créditos liberados pelo Brasil nunca fracassou .


    Tamires Fogaça- 2 °A Administração RA: 11412567

    ResponderExcluir
  81. O Porto será uma grande oportunidade de crescimento para o Brasil e Cuba, pois ambos tem uma boa relação que vem de anos atrás. O local, que é bem estratégico, também traz grandes benefícios na importação e exportação ,que promoverá emprego e desenvolvimento em vários aspectos. Este investimento tem grandes e boas expectativas, também abrirá caminhos para que o Brasil tenha uma melhor participação no mercado caribenho e da América Central, e que suas indústrias se instalem nessas zonas econômicas e trazer produtos relacionados a este mercado, principalmente os de alta tecnologia.
    É importante a transferência contínua de informação e conhecimento sobre o que anda acontecendo no mundo econmico , e olhar as coisas boas que o país pode trazer e que é capaz de fazer e mostrar e procurar manter o foco em seu crescimento.


    Caroline Maria Rozoni Nunes - 2° A - Administração - RA: 11411134

    ResponderExcluir
  82. Podemos observer que o texto relata sobre a questao de investimentos em portos e os paises afetados pela exportação.O porto de Mariel se mostra muito importante para a vinda dos produtos de toda a costa Pacifica , centro Americanos e até para paises europeus.A comparação sobre a construção de hospitais no Brasil e no investimento de portos com relação com Cuba tambem é erroneo.Portanto , o que deve ser feito são justamente esses investimentos que colocam no Brasil em melhor posição e acaba ganhando sua credibilidade no cenario internacional, e que sem sombra de duvidas , se essas relações trazem importancia para nossa economia com certeza irão trazer beneficios para todos nós.Mas vale lembrar que cada passo tomado é uma grande mudança que ira acontecer , por isso ir com cautela e segurança talvez sera o melhor a se fazer.



    Felipe Camilotti Lopes RA: 11413034 Adiministração 2º Semestre – Turma A

    ResponderExcluir
  83. Antes de opinar sobre determinado assunto, devemos entendê-lo melhor, para assim tirar nossas conclusões. Foi o que aconteceu com o Porto de Mariel, que gerou certa desconfiança do povo brasileiro em relação aos investimentos em um Porto que não estaria localizado em nosso País. Mas devemos pensar pelo lado estratégico do negócio, embora o Porto esteja localizado em Cuba, o mesmo trará inúmeros benefícios no setor econômico do Brasil, sendo na geração de empregos e investimentos, que irão fazer com que a economia brasileira cresça e se desenvolva.

    Mateus Rosa - 2º A Administração - RA:11309127

    ResponderExcluir
  84. O Porto é aonde os cubanos fazem suas experiência, criam ecossistemas para exportar para outros países. 80% do material são brasileiros, as compras são feito no brasil isso torna aprofundamente considerável, a Cuba tem chance de ser plataforma para exportar , ela tem vários setores.
    A cuba segue o modelo Chinês, aos poucos vão liberando suas economias, ela pode crescer bastante ainda, seu processo esta caminhando.
    O brasil ta investindo muito em cuba, só que muitas pessoas julgam sem ao menos procurar saber o porque, sem saber quais os interesses econômicos e estrategicos que o brasil tem, mas uma coisa que os mal informados não sabem é que a Cuba paga em dia tudo o que o brasil o empresta, por isso que cuba possui creditos aqui.

    Silmara Silva 11412243 2A

    ResponderExcluir
  85. Apesar do que foi falado na entrevista com o jornalista heródoto, de que o Brasil está bancando essa construção do Porto de Cuba para que em um futuro próximo seja beneficiado com essa movimentação de cargas, consequentemente gerando capital monetário para nosso país, penso eu que não seria a hora mais adequada para o Brasil gastar uma enorme quantia em dinheiro em uma construção dessas, até porque existem causas mais emergências para serem tratadas dentro do Brasil, como hospitais, escolas e segurança, acho que primeiro devemos "organizar a casa" para que dai sim possamos pensar em expandir nosso crescimento usando essa estratégia de ajudar para ser ajudado, não tendo mais o peso nas costas de que o povo brasileiro está insatisfeito com o governo e que mesmo assim o governo vire as costas para o povo almejando uma coisa que no momento não tem grande necessidade de ser realizada, que é exatamente a construção do porto de Cuba. Um belo jogo de marketing ? Sim, porém não no momento que estamos vivendo.

    Vinícius Tanaka 11412384 adm 2º A

    ResponderExcluir
  86. Tendo em vista que faz parte da estratégia da politica externa brasileira, investimentos, como por exemplo Porto Mariel em Cuba, sendo que este porto pode trazer varias vantagens para o pais como aumento importação e exportação do pais.
    Porem a construção do porto gerou muita discussão, principalmente por ser ano eleitoral. O retorno esperado, para esse investimento, não foi o esperado, e para que se tenha um bom retorno, também é necessário que se invista aqui no Brasil. O fato do Brasil ter amortizado a divida, também gerou muita discussão, pois o pais passa por um período de inflação alta.
    O Brasil deveria investir mais internamente, para combater a inflação elevada e se tornar um pais menos dependente.

    Isabela Caspani Figueira - RA11207590

    ResponderExcluir
  87. Tendo em base as informações acima, percebo que ainda existem pessoas que não conhecem realmente o que esta acontecendo e tiram conclusões precipitadas. O porto de Mariel causou não só desconfiança para os brasileiros como também revolta, pois os mesmos se perguntavam por qual motivo o Brasil estaria investindo tanto dinheiro em outro país, sendo que aqui estaria precisando de muitos investimentos. Porem, esses investimentos é uma estratégia para que nossa economia local se expanda no futuro, pois Cuba tem uma posição geográfica de bastante privilegio, sendo assim, poderá nos trazer benéficos como, por exemplo, novos empregos.
    A meu ver, o Brasil deveria sim investir no Porto de Mariel em Cuba, mas não se esquecendo de nós Brasileiros, que constantemente precisamos de investimentos voltados para as áreas da saúde, segurança, educação e moradia.

    Thauana Borges Severino R.A: 11412216 1°A - Administração

    ResponderExcluir
  88. O Brasil investe em cuba visando interesses econômicos futuros. O porto de Mariel em Cuba será construído por empresas Brasileiras e investimentos Cubanos, Cuba é um grande aliado ao Brasil. O Brasil neste momento busca oportunidade de crescimento através de importações e exportações. este investimento trara benéficos a longo prazo ao Brasil.

    Jeanne Bispo RA11411725 Aministração Turma A

    ResponderExcluir
  89. O Porto de Mariel em Cuba está sendo construído por uma empreiteira brasileira, o que gerou aqui no Brasil uma indignação errada, por se achar que está se gastando dinheiro lá, que poderia ser investido aqui. Porém o Porto está sendo construído por uma empresa privada que está recebendo por isso.
    Esse tipo de serviço é comum, e prestado pelo Brasil e por vários outros países em obras importantes pelo mundo, e quando os Bancos Públicos financiam as obras é porque essa obra trará algum benefício para o país e para sua população. Como por exemplo, há uma grande demanda de pessoal para a realização de todo o desenvolvimento do processo, o que acaba gerando uma boa quantidade de empregos, no país da empreiteira, no caso o Brasil.
    É de analisar que o mundo todo está de olho nesse Porto, porque ele ficará localizado em uma região estratégica. Isso gerará ano nosso país muita possibilidades no aumento da exportação, e o dinheiro investido retornará em quantidade muito maior.
    Portanto, é preciso pesquisar e analisar antes de criticar o investimento feito, porque o Porto trará muito benefícios e melhorias na Economia, aumentando a participação do Brasil nos mercados.

    Larissa Lopes da Costa RA: 11412447 2º A, Administração

    ResponderExcluir
  90. A media brasileira parece realmente pouso se importar com a veracidade e a completude dos fatos por ela transmitidas. São poucos como o senhor que tem conhecimento e sabem analisar a perspectiva futura do Porto de Mariel.
    Alguns círculos políticos/sociais preferem vender a imagem deste porto como sendo um financiamento ao comunismo/socialismo. Não sei se por falta de informação ou ignorância (para não falar burrice), mas quase ninguém vai atrás de informação, espera que ela chegue e bata à sua porta (ou linha do tempo ou grupo do what's app) e essa informação geralmente é tão falsa e contaminada por tendências que não se deve nem ser lida.
    Futuramente, espero, poderemos analisar e colher os frutos deste investimento. Até lá só podemos esperar e ver como as pessoas sem informação se digladiam por suas faltas crenças e informações.

    ResponderExcluir
  91. A construção do Porto de Mariel foi um investimento com ótimas oportunidades para o Brasil, penso eu que o Brasil pode ter até mais oportunidades para atuar neste mercado de exportação e importação, mas os desenformados não sabem ou não querem saber todos os benefícios que podemos ter com a construção desse porto, Cuba também é um país muito promissor, com uma visão de futuro muito grande, a mídia julga muito somente o que vê e não estuda o porque da construção, quais os motivos e qual a visão da construção do porto, antes de julgar deve se ter um conhecimento concreto do ocorrido,como se vê, age de má fé quem critica uma política de exportação de serviços altamente benéfica para a economia brasileira, movido apenas pela mais obsoleta intolerância ideológica.

    Marllon Jonathan de Paula Ra: 11412848 2° Adm A

    ResponderExcluir
  92. No meu ponto de vista, o governo não está sendo totalmente transparente, tem coisa que não bate.
    Foi muito dinheiro emprestado para Cuba construir esse tal porto de Mariel, segundo o governo, o combinado é que Cuba deveria gastar quase todo esse dinheiro aqui no Brasil, comprando tecnologia e serviços dos brasileiros, então, em teoria o dinheiro voltou pra cá. O ponto principal não é esse, o ponto principal é saber quais os benefícios que isso trouxe para os NOSSOS PORTOS que estão entre os mais atrasados do mundo em modernização da infraestrutura, talvez tivesse sido melhor investir todo esse dinheiro em nossos portos, em nosso território, em nosso povo.
    Outro ponto muito complicado são as garantias de que Cuba terá solides financeira para honrar o pagamento da dívida, o histórico de décadas da ditadura cubana não oferece nenhuma confiança de que o pagamento dessa dívida será sanado sem que alguém acabe com uma caixa de charutos cubanos nas mãos.

    Priscila Almeida Adão RA 11206734 2°A Administração

    ResponderExcluir
  93. Podemos dizer que a construção do Porto de Mariel feita por uma empreiteira brasileira foi sim uma grande passo para o Brasil, para mostrar seus serviços e assim conseguir mais projetos no futuro.
    Muitos acham que a construção do porto não deveria ser feito, pois com o dinheiro gasto no projeto, poderiamos investir em nosso proprio pais, porem é que muita gente acha ou simplismente fecha os olhos, é que com a construção do Porto de Mariel, o Brasil poderá sim ter benefícios em um futuro próximo, pois Cuba está em uma situação econômica e geográfica muito favorável, pois com a construção do Porto de Mariel, Cuba poderá aumentar suas exportações e importações significamento, e o Brasil poderá entra nesse mercado concorrido, assim podendo tirar lucro.
    Porem também devemos olhar para nosso próprio pais, onde a nossa situação, tanto politica quanto econômica não está muito favorável. Com o dinheiro investido no projeto do porto, poderíamos investir na saúde, na educação, na segurança.
    Para se investir em um projeto como o Porto de Mariel, devemos ver os dois lados da moeda e escolher aquele que será mais beneficiário para o pais, devendo colocar em conta as condições e os futuros de ambos para saber qual sera mais vantajoso.

    Orlando Lolli Troleze RA:11411500 2° A Administração

    ResponderExcluir
  94. O Porto será uma grande oportunidade de crescimento para o Brasil e Cuba, pois ambos tem uma boa relação que vem de anos atrás. O local, que é bem estratégico, também traz grandes benefícios na importação e exportação ,que promoverá emprego e desenvolvimento em vários aspectos. Este investimento tem grandes e boas .
    expectativas, também abrirá caminhos para que o Brasil tenha uma melhor participação no mercado caribenho e da América Central, e que suas indústrias se instalem nessas zonas econômicas e trazer produtos relacionados a este mercado, principalmente os de alta tecnologia.É de analisar que o mundo todo está de olho nesse Porto, porque ele ficará localizado em uma região estratégica. Isso gerará ano nosso país muita possibilidades no aumento da exportação, e o dinheiro investido retornará em quantidade muito maior.
    Portanto, é preciso pesquisar e analisar antes de criticar o investimento feito, porque o Porto trará muito benefícios e melhorias na Economia.

    Dayene Fernanda Calisto Ra: 11413268
    2º A.

    ResponderExcluir
  95. Porto de Mariel, uma grande duvida ou um grande acerto de nosso Pais, é difícil saber diante a tantas matérias que temos visto e lido durante este últimos tempos, algumas criticando, outras afirmando os benefícios, mas é claro que com o decorrer dos últimos anos estamos observando que nossa politica interna está péssima, com grandes escândalos de corrupção,onde temos um pais dividido entre partidos de esquerda e partidos de direita, estamos sem credibilidade, devidos a nossos políticos que passaram e os que estão atualmente no governo. O investimento no Porto, vai trazer muitos benefícios para o Brasil e Cuba, mas todos os outros países vão ganhar com isto de alguma forma direta ou indireta, mas devido a está instabilidade politica que vivemos, tudo hoje que se é feito é criticado, usado como mecanismo de politicagem pura, onde temos grande políticos criticando e outros defendendo, e isto acaba gerando na população grandes incertezas e vários porque, tais como: Porque não investir o dinheiro na saúde, educação, esporte entre outros, mas porque não investir em nosso pais, mas não pode-se deixar de pensar em um fato que ocorreu, um pais que investiu tanto dinheiro na copa do mundo, um investimento bilionário onde não houve uma fiscalização honesta, onde foi parar este dinheiro?, talvez dinheiro este que também poderia estar no devido lugar e ser repassado para saúde, educação entre outros, agora não pode-se dizer que o dinheiro no porto foi mal investido, sabemos que muitas vantagens e o mesmo trará muitos benefícios para nosso pais.

    Christian Frade Zabel RA: 10650228 2º A Administração

    ResponderExcluir
  96. O interesse que o Brasil tem economicamente em desenvolver o porto de Cuba?
    existe um interesse estratégico, o Brasil é um País Sul americano, mas a inserção economica do Brasil no Caribe, tem que melhor muito.
    O Porto séra uma oportunidade para isso, é uma zona industrial e também uma zona de processamento de exportação, que tem em média cerca de 500m², onde os Cubanos estão fazendo experiências e fazendo um pouco do País Chines, criando um ecossistema que permite o estabelecimento de uma indústria. E aí sim atender não só o mercado Cubano, mas também outros países e região.
    O Porto, foi financiado pelo Brasil e construido por empresas brasileiras e 80% do material, equipamentos são brasileiros, feito tudo no Brasil, a garantia dos pagamentos são feitas com a própria receita do Porto, tudo isso em moeda forte, e será administrado pela autoridade de Singapura, uns dos Portos mais bem administrados do mundo.
    E logo os navios maiores vão passar na ampliação do canal do Panamá, chamados de Pós Panamá, navios de 160 mil toneladas. Cuba tem chance de ser uma plataforma para exportar para todo os País da América Central e juntos formar um mercado grande.
    Existe cerca de 300 empresas brasileiras no local, em Cuba, como da Souza Cruz que é uma parceria que tem 18 anos muito bem sucedida e já firmaram um novo contrato para exportação de cigarros..
    O mundo está de olho nos benefícios do porto e até empresários americanos, chefiado pelo diretor da Câmara de Comércio Americana, Thomas Donohue, visitou o Porto de Mariel e ouviu propostas mútuas de parcerias. Com isso observa-se ser bastante preconceituoso e lotado de paradigma quando relatam internamente no Brasil que independente do financiamento do BNDES a empresas brasileiras, foi doado às obras pelo governo brasileiro através do Ministério do Desenvolvimento Econômico R$240 milhões (100 milhões de dólares) através de contrato sigiloso por 30 anos, onde aposta-se num retorno ao desenvolvimento brasileiro muito superior a isso, pelos benefícios que o Brasil terá no uso do porto. Volto a dizer, é estratégico demais para irrisórios 100 milhões de dólares frente aos benefícios brasileiros a exportações e importações.

    Daniella Machado de Oliveira RA:11413233 2ºA Administração

    ResponderExcluir
  97. O Porto de Mariel em Cuba, foi uma grande estratégia que acarretará em benefícios e oportunidades no desenvolvimento do nosso país. Assim visando oportunidades de crescimento, para incrementar a economia brasileira.
    Patrícia Cristina Guimarães RA:11413204 2A administração

    ResponderExcluir
  98. Pode se dizer que o Porto de Mariel, será um grande passo para o crescimento do Brasil e Cuba. O local estratégico será a principal porta de entrada e saida do comércio exterior cubano, pois o fluxo das transações marítimas do nosso continente possibilitará que ele se constitua como uma plataforma logística de primeira ordem.Será um porto independente dos Estados Unidos, gerando concorrência e melhores oportunidade principalmente ao pré-sal brasileiro. Mariel será um caminho de grande importância para que empresas brasileiras se instalem nessa zona econômica e processem seus produtos á fora onde temos pouca força neste requesito. Portanto creio que o Porto de Mariel , atráves do investimento feito, trará muitos outros benefícios além do lucro e melhorar a econômia brasileira.

    Kaique Berton Franco Ra: 11412698
    2°A Administraçao

    ResponderExcluir
  99. No meu ponto de vista a construção do porto Maciel foi um investimento certeiro, pois vai trazer vários benefícios para o nosso País. Ira movimentar bastante a exportação e importação e sem pensar que ira beneficiar a economia gerando bastante emprego.
    Daiana Teodoro RA:11412876 2º Administração A

    ResponderExcluir
  100. Bom, se o brasil fosse um país que investisse em seu próprio povo e estivesse com a economia nas alturas por que não um investimento na ilha do Fidel?
    Mas na realidade o que vemos é a inflação aumentando a cada ano e o povo ficando cada vez mais endividado , parte de nossa safra se perde nas estradas horríveis que temos. Então como nossos produtos vão chegar a cuba? se os portos daqui estão todos ferrados? isso é uma piada no final o povo brasileiro ira pagar a dívida como sempre com os altos impostos que corroem todo nosso salario, 11 milhoes de pessoas em cuba, e a Cidade de São paulo? praticamente a mesma popuçação e por que nao invertir em nossa nação? em nossa própria economia que cada vez mais é vergonhosa.

    Luis Guilherme RA 11412385 2°A Administração

    ResponderExcluir
  101. Os investimentos do Brasil junto com o Banco BNDES, para a construção do Porto de Mariel em Cuba, é uma grande estratégia, pois os produtos que ali forem movimentados entre países europeus, países centro americanos e de todos os países da costa Pacífica da Américas, países Asiáticos e do Brasil, vai gerar uma concorrência de melhorias de oportunidades que, atingi-rá principalmente o pré-sal brasileiro, trazendo assim um retorno maior que o investido.

    JOÃO PAULO APARECIDO ROSSI RA:11309525
    2º SEMESTRE DE ADMINISTRAÇÃO TURMA: A

    ResponderExcluir
  102. No meu ponto de vista o Brasil usou uma ótima estrategia ajudando Cuba atualmente,mas pensando no lucro que Cuba nos trara futuramente,os cubanos tem um território privilegiado o que gerara novos empregos.
    Em contra partida Cuba sempre foi governada por ditadores o que gera uma desconfiança em relação ao pagamento da divida e também não é o momento apropriado para investir em outros países sendo que os próprios brasileiros sofrem com a falta de outras prioridades.

    Tamiris Moreira 2ª A ADM R.A: 11411466

    ResponderExcluir
  103. Com certeza vai melhorar nossa logística que ainda nao acompanha o crescimento da economia dos últimos anos, mas me deixa com uma duvida, porque nao vejo real investimentos na logística dentro de nosso pais, em portos, estradas etc. Hoje nosso país sofre com os grandes custos de frete encarecendo nossos produtos, tudo que vejo sao mais pedagios e privatização de estradas, ou seja, sera que foi um investimento inteligente para o povo ou para os políticos por trás de tudo isso... Acho que sabemos a resposta

    Leandro f. Fachola RA: 11412804 ADM 2º A

    ResponderExcluir
  104. Todo investimento existente em nosso país e cercado de muita polêmica , nem sempre e muito eficaz ,mas a princípio não podemos deixar de crescer e ser cada vez mais eficiente ,competitivos .Precisamos torcer,acompanhar para que não se perca a ideia original ,tenhamos sucesso nesse projeto e em tudo que nosso povo merece .

    Emílio Marconato Filho RA:11413282 ADM 2 A

    ResponderExcluir
  105. O Porto de Mariel é algo positivo para o pais, pois o material e a mão de obra que serão utilizados vem do Brasil , e isso aumenta o mercado de trabalho e mantem a economia aquecida, sem contar que Cuba poderá aumentar suas exportações e importações e com isso o Brasil irá lucrar , ou seja, o porto de Mariel trará inúmeras vantagens e benefícios para o país que consequentemente irá aumentar seu desenvolvimento econômico. Para que isso aconteça , é preciso ter transparência nos gastos e nos projetos e ser acompanhado de perto para que não se perca ou fique pelo caminho beneficiando empreiteiras ,políticos etc.

    Felipe Marques Fortini RA:11412349 2°A Administração

    ResponderExcluir
  106. A construção do porto de Cuba se dá principalmente por interesse estratégico e econômico para o Brasil, na área do Caribe. O porto foi financiado pelo governo brasileiro, mas também as empresas que estão na construção do porto são brasileiras e cerca de 80% dos equipamentos envolvidos nessa operação são brasileiros, ou seja, a economia no Brasil foi diretamente beneficiada nesse sentido pelas compras terem sido feitas praticamente todas dentro do território nacional. A garantia do pagamento dessa obra está vinculada de certa maneira segura, pois se dará com a própria receita gerada pelas operações do porto. Ao final haverá a possibilidade de se aumentar as exportações também para a América Central e o Brasil terá uma “plataforma” para se beneficiar dessas exportações.

    Flavia Teister Orrico 2ºA Administração

    ResponderExcluir
  107. Com Base no texto podemos observar que ao falar da construção do porto Mariel em Cuba á muitas controversas, foi muito questionado antes e apos as eleições, onde dizemos porque foi investido tanto dinheiro em busca de oportunidade e desenvolvimento e não tivemos um retorno tão esperado como imaginamos, quando começar a ter os devidos retornos vai ser ótimo, mais de nada ira adiantar se não investir no nosso pais. Diante de tantas críticas houve pouca divulgação dos benefícios que este trabalho vai trazer para o nosso País e para o mundo da Logística Internacional, além de expandir a área para empresas brasileiras estarem atuando, esse mercado só será efetivado, entretanto, se a economia cubana deixar de funcionar em seu modo rudimentar atual, .Creio que os Investimentos devem sim serem feitos fora do país , mas se eles fossem utilizado em nosso país de maneira correta teríamos hoje muito mais qualidade de vida, deve-se pensar em algo que faz bem ao cidadão, não só ao governo, pois não adianta termos um pais com ótimas relações internacionais e não termos um pais com hospitais e escolas nas condições atuais. Porque não melhorar a saúde, educação e tantas outras coisas que estão faltando em nosso país.

    Vikielen T. Ferreira RA:11412788 2º A ADM

    ResponderExcluir
  108. Parece ser um bom investimento para o Brasil, Porto vai trazer muitos benefícios para o Brasil. Brasil tem um interesse econômico em Cuba em desenvolver o Porto Mariel é uma oportunidade desenvolvimento brasileiro.
    Com a construção do Porto de Mariel Brasil pode ter até mais oportunidades para atuar neste mercado, trará muito benefícios e melhorias na Economia do Brasil na exportação e importação.
    Graziele Costa RA: 11105627 2° A "administração

    ResponderExcluir
  109. É uma grande estratégia , e um grande investimento para a economia brasileira ,o porto de Mariel tem uma pertinência eterna, seja para a economia, para a política externa, para a política interna e para a opinião pública brasileira, o plano é para que futuramente gere um grande desenvolvimento nas importações e exportações.

    Luiz Felipe Rodrigues da Silva RA 11309521 ADM 2°Semestre A

    ResponderExcluir
  110. Infelizmente estamos cercados de uma imprensa suja e corrupta, como é muita coisa nesse país, aqui tudo é influenciado, a maioria da população é ignorante não tem o mínimo conhecimento sobre a economia do Brasil e do mundo, e também não tem interesse nenhum em conhecer. Somos meros fantoches da mídia social.
    O porto de Muriel abrirá muitas portas para a economia brasileira, com localização estratégica, vai aumentar as exportações e importações. Dada importância do porto de Muriel que foi disputado por grandes potências como Alemanha e Japão dentro outras.
    O investimento, que causou tanto protesto por aqui, foi ínfimo perto dos beneficios que o porto nos trará.

    Luci Miria Bonfadini Grizante RA 11412675 - 2º ADM A

    ResponderExcluir
  111. Acredito eu que seja um investimento muito bom para o Brasil pois ainda tem uma participação ainda pouco significativa nos mercados caribenho e da América Central. Mariel é um caminho para que empresas brasileiras se instalem nessa zona econômica especial e processem produtos destinados a esses mercados, especialmente os de alta tecnologia, que utilizarão muitos insumos inexistentes em Cuba.

    Adrianus Nicolaas Somers RA: 11412086 2º ADM A

    ResponderExcluir
  112. Um dos maiores problemas do mundo é a falta informação bem passada pelas imprensas e a compreensão completa do público (população). Pois é fácil ir na motivação da "muvuca" sem entender em detalhes o que realmente esta se passando.
    Este projeto do porto de Mariel é uma grande vantagem para Cuba, que terá o apoio do Brasil para progredir e se diferenciar, e para o Brasil que voltará a prosseguir ao caminho do desenvolvimento.
    O investimento é uma oportunidade grande para o Brasil conseguir expandir suas exportações e importações e para Cuba a vantagem esta no diferencial que o Brasil, e nenhum outro país, poderá trazer em especiarias para fazer com que o porto de Mário desenvolva ainda mais. Não podemos negar o medo deste investimento não seguir conforme os planos, mas também não de pode jogar fora uma oportunidade desta. Segundo o texto, o Brasil esta em vantagem a ser escolhido em comparação com os outros que se "candidataram".
    Dai vem a questão do quanto este investimento irá custar. Sim, o preço a pagar é alto. E então começam as perguntas: mas não seria melhor investir na saúde? Na educação? E então eu pergunto: Não seria melhor garantir a melhoria futura e contínua destes requisitos? Se persarmos, com o andamento positivo deste projeto, o país -Brasil- estará de volta ao rumo do desenvolvimento e isto nos garantirá uma melhoria contínua em várias áreas. Não estou dizendo que não precisamos de atenção nas áreas citadas, mas digo que, no momento, pensar no futuro e nas vantagens que ele poderá trazer, é, talvez, a melhor solução.


    Jeniffer Ribeiro Amorim - 11412539 - 2ADM A

    ResponderExcluir
  113. Hoje nosso país esta cheia de corrupção deu a entender que, ao basear se no que os investimentos de cuba para este porto e será uma grande oportunidade de crescimento para o Brasil e Cuba em investimentos. Por outro lado no quesito exportar e importar desses dois países podemos dizer que terá uma grande procura de empregos e também muita mão de obra para o crescimento tanto de Cuba como do Brasil neste porto. Este investimento tem grandes e boas expectativas, também abrirá caminhos para que o Brasil tenha uma melhor participação no mercado caribenho e da América Central, e que suas indústrias se instalem nessas zonas econômicas e trazer produtos relacionados a este mercado, principalmente os de alta tecnologia e de também termos uma boa visão sobre a economia dos países e seu desenvolvimento e crescimento econômico, vendo que ambos tem um olhar critico para as coisas boas dos países e um foco diferente para melhora lo.
    Tamara Aparecida Araujo RA: 11208180 Administração 2°A

    ResponderExcluir
  114. O investimento no Porto trará muitos benefícios e vantagens para a economia brasileira, porém todos os outros países iram lucrar com isso.Cuba poderá aumentar suas exportações e importações , e isso será muito bom para o Brasil.Esta união entre Brasil e Cuba nos deixa a impressão que Cuba, de certa forma, acaba ficando mais dependente o Brasil, o que é muito favorável para nós.

    Andrea Oliveira Silva RA: 114123213 ADM2°a

    ResponderExcluir
  115. O porto de Muriel é um projeto ambicioso e estratégico, o Brasil está em vantagem em relação aos concorrentes por ter um histórico extenso, de longa data, de negócios com os cubanos, geograficamente Cuba está localizada em um local estratégico para todo o comercio marítimo, o Brasil construindo esse porto trará grande notoriedade ao nosso país, e um avanço em relação às exportações, aumentando a receita do Brasil. Devido a Guerra Fria Cuba é vista com maus olhos pelos EUA e isso influência aos demais países.
    O Brasil pode ter uma grade oportunidade com esse porto, temos a vantagem de Cuba ser nosso "companheiro", e temos o dinheiro para financiar o projeto que não irá refletir de modo negativo nos nossos cofres pois o orçamento não é de valor astronômico e os lucros serão muito maiores que o investimento.

    Fernando Tidre Ferreira - RA: 11412484 - ADM - Turma A

    ResponderExcluir
  116. O texto aborda um ponto em que muito e falado e julgado, porem a falta de informação nem sempre vem da maneira correta principalmente para as pessoas que não procuram pela verdade do que realmente possa estar acontecendo, neste investimento pode surgir ótimas oportunidades para o Brasil, também o Brasil pode ter até mais oportunidades para atuar neste mercado de exportação e importação, no entanto, só se ouve falar que o Brasil poderia investir este dinheiro em outras áreas brasileiras, mas a falta de informaçao leva a nao entender todos os benefícios que pode nos dar.

    Gabriela Cristina Silva De Oliveira RA 11004104 2°A ADM

    ResponderExcluir
  117. A continuarmos dominados como estamos, em razão do prestígio de Lula da Silva por sua vergonhosa popularidade comprada, mais o apoio que lhe prestam grandes empresas de comunicação, como a Globo, dando respaldo à sua política mentirosa, falsa, comunista, fazendo com que o povo ignorante nele acredite, seremos em breve, “escravos”.

    Jadyna Ap Girotto, 2A ADM

    ResponderExcluir
  118. A Cada vez que se reconstruiu, a Alemanha pois bem, os momentos de dificuldade, geram a expectativa de superação. Não é isso que vemos no nosso país nos dias atuais.
    - A imprensa brasileira, motivada pelos contratos ultra milionários de patrocínio publicitário que buscam mascarar a vergonhosa situação que nos foi imposta por um timeco desorientado e sem equilíbrio emocional;nfelizmente nosso poder de reação é nulo. Concordamos enquanto nação com o que nos é imposto pelos chamados "formadores de opinião",

    Bruna Lima - RA 10721180 (Plano de estudo)

    ResponderExcluir
  119. LUIZ H. L. DE O. LIMA21 de agosto de 2015 00:33

    Acredito que o Porto de Mariel sem dúvida alguma trará muitos benefícios ao Brasil, abrirá novos caminhos para a importação e exportação, acho aliás estA aliança bem estratégica.
    Esse assunto tem movido muitas discussões, sobre se este é ou não o tempo correto de se fazer um investimento tão grande em algo "externo". Se é ou não a hora certa de fato eu não sei, mas concluo dizendo que o Porto de Mariel será um dos maiores e isso nos trará um retorno econômico e um desenvolvimento muito bom.

    LUIZ H. L DE O. LIMA - RA 11514749 FAJ 2º SEM. LOGÍSTICA

    ResponderExcluir
  120. DAIANE SIQUEIRA MASSARI - 2º SEM. LOGÍSTICA RA:1151398621 de agosto de 2015 22:46

    Penso que o que falta para a população brasileira é informações para que esse tipo de assunto não seja interpretados e nem julgados de forma errada, mesmo não sabendo se irá dar certo.
    É bom para o Brasil ser pioneiro do Porto de Mariel, pois é uma excelente oportunidade de investimentos para o Brasil, isso trará grandes benefícios econômicos é também um bom crescimento de exportações, posso concluir dizendo que foi uma ótima aposta e o que se espera é um retorno satisfatório.

    ResponderExcluir
  121. Vivian Leobino 2° Semestre Logistica 2.01522 de agosto de 2015 10:24

    Após a ler o texto e assistir a entrevista ,venho deixar meu entendimento e opinião sobre a construção do Porto de Mariel.
    Extremamente importante para o futuro econômico de Cuba, esse porto proporcionará uma flexibilidade de importação e exportação dos produtos entre países europeus, Brasil, países centro americanos com toda a costa Pacífica das Américas e países asiáticos, Austrália, Nova Zelândia. Será um porto independente dos Estados Unidos, gerando concorrência e melhores oportunidade principalmente ao pré-sal brasileiro. O interesse é tão grande pelos países à posição estratégica deste porto, que o mesmo será entregue a administração das operações a empresa da Holanda e Singapura.
    Por isso todos tem interesse, e para nós brasileiros, é uma excelente oportunidade a longo prazo.
    O valor do investimento é muito pequeno se comparado ao retorno previsto.
    Infelizmente, as divulgações pela mídia, nem sempre são esclarecedoras ao ponto de motivar os brasileiros, em muitos empreendimentos que se ocorre lá fora.
    Achamos que sempre esse dinheiro deveria ser aplicado em terras brasileiras.

    ResponderExcluir
  122. Eduarda Nogueira 2° Semestre Logística 2015 R.A: 1151425722 de agosto de 2015 12:22

    Está evidente que o Porto de Mariel, trouxe grandes oportunidades para cuba, tanto economicamente como no seu desenvolvimento interno. Devido esta localizado em uma zona econômica especial, facilitou para o Brasil fazer um grande investimento neste projeto, que acarretou em uma certa indignação em alguns membros da sociedade brasileira, por uma certa falta de buscar ou pesquisar informações sobre este empreendimento e o que isto propiciaria de lucrativo para nosso país, que obviamente está relacionada com a ampliação em zonas do comércio exterior que antes não tinha exercido nenhuma espécie de influência ou relação alguma de exportação e importação.

    ResponderExcluir
  123. Renata C. Melro Milanez – 2º Semestre de Logística.22 de agosto de 2015 12:23

    Este é um tema bastante conflituoso, divergem opiniões e sem dúvida deveria ter sido mais bem esclarecido ao povo brasileiro. Lembro que para apoiar ou criticar, opinar de uma forma geral, precisamos conhecer o assunto. Se os maiores interessados (governo) no apoio do povo brasileiro não trazem esclarecimentos à grande massa é natural que grande parte, sem informação, repudie. Ainda mais num país com tantos conflitos econômicos, sociais e culturais como o nosso. Falar em investimento exterior ainda é bem difícil por aqui.
    Do ponto de vista estratégico a construção do Porto de Mariel trouxe e trará benefícios ao Brasil. Trouxe, pois 80 % dos materiais utilizados na construção saíram do nosso país o que gerou empregos e rentabilidade às empresas participantes. E trará por ser um Porto de localização estratégica, posição privilegiada e aumentar a inserção brasileira em outros países, como Caribe. Os investimentos foram feitos com certas garantias de retorno e trazem mais competitividade ao nosso país. Sem contar no prestigio internacional que a construção trouxe a nós brasileiros. Sim, foi uma grande sacada do governo brasileiro.
    Porém devido aos últimos acontecimentos em nosso país tenho uma pergunta ao professor.
    Pelo fato da Construtora Odebrecht, que participou da construção do Porto, estar sendo investigada não traz certa “especulação” nacional e internacional em relação à construção do Porto?

    Renata C. Melro Milanez – 2º Semestre de Logística.

    ResponderExcluir
  124. Acredito que nosso governo não faria um investimento relativamente alto como o de Mariel, se não visse um retorno significativo, pois nenhum país rasga dinheiro.
    O porto foi FINANCIADO pelo Brasil, não temos acesso ao contrato mas de alguma forma esse financiamento será pago. 80% dos materiais, equipamentos e recursos foram adquiridos no Brasil e já estão instaladas em Cuba cerca de 400 empresas brasileiras.
    Com a construção do Porto haverá uma certa concorrência aumentando assim as oportunidades e superando as consequências negativas desse financiamento.

    ResponderExcluir
  125. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  126. O investimento no Porto de Mariel amplia o alcance estratégico do comércio e a área de influência do Brasil.
    Talvez quando citamos política e investimentos em meio a grandes crises que se passam por nosso país, deixamos de enxergar quais benefícios uma obra portuária como esta pode nos trazer futuramente.

    Vlamir R.A de Souza 2º Semestre de Logística.

    ResponderExcluir
  127. Humberto Vieira - Logística 2º semestre22 de agosto de 2015 21:48

    O que causa conflito para os brasileiros, onde vivem num país que há décadas está em meio a corrupções e roubalheiras, é o fato do governo afirmar que não possui verba para investir em muitas áreas bastante criticadas há tempos como a precariedade da saúde e escolas públicas e ter dinheiro, cerca de um bilhão de dólares, para investir em outro país. Os argumentos são os mais variados, mas o mais comum é porque um país como o Brasil pode ter forças para querer o crescimento de outros sendo que nem o próprio consegue crescer? O artigo deixa claro que o objetivo brasileiro não é o crescimento de Cuba, isso se tornaria uma conseqüência, mas tem por finalidade maiores exportações com restante do mundo, é um porto com um ponto estratégico para países da Europa, o Brasil quer participação mais ativa em mercados da América Central e este porto é uma porta de entrada para isso. O que muitos não sabem é que esse investimento é em longo prazo e trará muitos benefícios econômicos pra o Brasil e seus brasileiros.

    Humberto Vieira – RA: 11514979 2º Semestre Logística

    ResponderExcluir
  128. Erika Lima Petenuci22 de agosto de 2015 22:08

    Atualmente a grande maioria do povo brasileiro vive em uma realidade de intensa ignorância e falta de busca pela informação, são varias as manifestações contra o governo atual, mas a grande maioria dos manifestantes não conhecem as propostas e medidas que o governo usa para tentar melhorar a situação do pais. Levando em consideração a localização geográfica privilegiada da Ilha de Cuba, a qual se beneficia por possuir fácil acesso para a distribuição de mercadorias e produtos vindo de diversas partes do mundo, sendo assim um forte ponto comercial, o Brasil tem um grande interesse de financiar o Porto de Mariel, pois assim estará se inserindo no mercado da América Central, pois até então o Brasil só tem influências na América do Sul.
    Esse é um investimento que trará benefícios para o Brasil pois Cuba é um pais com forte potência de crescimento, e vários países desenvolvidos tentaram financiar e administrar o Porto de Mariel. Esse tipo de estratégia é comum em países desenvolvidos, ou seja, financiar investimentos em outros países com o intuito de expandir seu próprio mercado econômico.
    O povo Brasileiro devido a falta de informação e até mesmo a ignorância vê este investimento como um desperdício, achando que estão investindo fora e deixando o próprio pais de lado, além disso existe um certo preconceito em relação a Cuba.


    Erika Lima Petenuci - RA: 11515029 - 2º Semestre Logística

    ResponderExcluir
  129. o porto de mariel causou uma grande indignação da sociedade brasileira a sociedade brasileira ainda está com muita falta de informação sobre o porto de Mariel, a obra do porto de Mariel foi financiado com o dinheiro do BNDES. Pois o porto de MARIEL está em um ponto muito estatégico para a passagem de mercadorias e assim o porto ira trazer uma grande importância para o nosso pais.


    Luis Rodolfo Zoia Torres RA11412629 2 semestre logistica

    ResponderExcluir
  130. A informação divulgada foi invertida por uma questão política.
    Por ter sido tema de campanha presidencial em 2014 no Brasil, a informação do Porto Mariel voltou de forma negativa pela oposição, onde foi divulgado que o povo brasileiro estava indignado com o financiamento do BNDES para construção do Porto de Mariel em Cuba ao invés de investir em melhorias no próprio Brasil.
    Mas na verdade o destino do investimento foi para uma construtora brasileira a Odebrecht, 80% do material utilizado foi brasileiro, já há 400 empresas brasileiras na zona portuária, desde botinas, cigarros até de aço, milhares de empregos foram gerados, fora o retorno a longo prazo que o Brasil terá sua fatia neste mercado internacional, e pelo Porto estar localizado num ponto logisticamente estratégico.
    Portanto a informação erronia divulgada pelos meios de comunicação é capaz de influenciar grandes massas.

    ResponderExcluir
  131. O porto de Mariel foi duramente criticado e atacado, mas o texto nos mostra claramente o quão estratégico e importante ele pode ser, não somente para o Brasil mas para toda a região devido à sua proximidade com os Estados Unidos.
    Hoje o Brasil é o segundo maior parceiro comercial de Cuba e à medida que os cubanos iniciarem e ampliarem seus negócios com os norte-americanos, as empresas brasileiras terão melhores condições de se instalarem em Cuba e a partir dali venderem seus produtos no mercado americano.
    Realmente trata-se de uma realidade que não é muito divulgada por estes lados e como a maioria dos brasileiros nos indignamos ao saber que com tanta coisa para ser feita em nossas terras, estamos financiando a construção de um porto em terras estrangeiras, mas através do texto percebemos que não se trata de um valor tão absurdo frente aos benefícios que certamente teremos no futuro.

    Magda C. M. Conceição - RA 11514938 2º Semestre Logística

    ResponderExcluir
  132. Após analisar o post e a entrevista posso afirmar que ambas abordar o tema com imparcialidade e com informações provenientes de cunho argumentativo com relação ao investimento e sua viabilidade.
    A falta de imparcialidade criou até mesmo no entrevistador questionamento em relação as informações sendo passadas de formas claras pelo entrevistado.
    Quanto ao investimento a possibilidade de benefícios são todos amplamente satisfatórios, ficando evidenciado sua aplicação com propósito economicamente viável.
    Portanto é necessário que veículos midiáticos atuem de forma comprometida com a imparcialidade tanto profissional como ideológica.
    Aparecido Teixeira Filho - R.A 11515446/2° semestre Logística

    ResponderExcluir
  133. Após analisar o post e a entrevista posso afirmar que ambas abordam o tema com imparcialidade e com informações provenientes de cunho argumentativo com relação ao investimento e sua viabilidade.
    A falta de imparcialidade criou até mesmo no entrevistador questionamento em relação as informações sendo passadas de formas claras pelo entrevistado.
    Quanto ao investimento a possibilidade de benefícios são todos amplamente satisfatórios, ficando evidenciado sua aplicação com propósito economicamente viável.
    Portanto é necessário que veículos midiáticos atuem de forma comprometida com a imparcialidade tanto profissional como ideológica.
    Aparecido Teixeira Filho - R.A 11515446/2° semestre Logística

    ResponderExcluir
  134. Os interesses dos países no porto de Mariel pricipalmente o Brasil é estratégico,e visa ampliar a inserção econômica em Cuba,sendo este investimento de grande importância para empresas brasileiras e para o próprio país ampliar negócios e gerar lucros.
    Ouve grande interesse de todos que participaram da concorrência para construção do porto,por ele estar geograficamente privilegiado estratégicamente falando,consequentemente visando oportunidades econômicas e estratégicas para seu país.
    Como sitado acima o Brasil venceu a concorrência não apenas pelo preço,mas também por ter boas relações com Cuba e ser contrário o embargo econômico americano a Cuba.
    Levando-se em conta conta que o porto de Mariel está sendo financiado através do BNDES e este é um incentivador do desenvolvimento sócio econômico do país,e os investimentos serão pagos pela própria receita do porto e serão muito superiores ao valor investido,acredito que o porto trará desenvolvimento para ambos os países.

    ResponderExcluir
  135. Os interesses dos países no porto de Mariel pricipalmente o Brasil é estratégico,e visa ampliar a inserção econômica em Cuba,sendo este investimento de grande importância para empresas brasileiras e para o próprio país ampliar negócios e gerar lucros.
    Ouve grande interesse de todos que participaram da concorrência para construção do porto,por ele estar geograficamente privilegiado estratégicamente falando,consequentemente visando oportunidades econômicas e estratégicas para seu país.
    Como sitado acima o Brasil venceu a concorrência não apenas pelo preço,mas também por ter boas relações com Cuba e ser contrário o embargo econômico americano a Cuba.
    Levando-se em conta conta que o porto de Mariel está sendo financiado através do BNDES e este é um incentivador do desenvolvimento sócio econômico do país,e os investimentos serão pagos pela própria receita do porto e serão muito superiores ao valor investido,acredito que o porto trará desenvolvimento para ambos os países.
    Daniel Gonçalves RA:11513575 2° Logística

    ResponderExcluir
  136. Em virtudes dos fatos mencionados, podemos concluir que a construção do porto de cuba foi um belo investimento estratégico, onde não só trará benefícios para nosso país, mas pelo restante. No inicio o povo brasileiro ficaram indignados onde o Brasil estava investindo todo aquele dinheiro, principalmente em terras de fora, mas o texto mostra claramente o benéfico e a facilidade de acesso que ele trouxe a nós. O que muitos não sabem, é que podemos ter belos resultados positivos em relação a economia de nosso país futuramente.

    Leonardo Guimarães Sapata. RA: 11515062 Logística- 2º Semestre

    ResponderExcluir
  137. Conforme analise do post, os países entre eles Brasil, Japão, México e outros juntaram-se para uma construção do Porto de Mariel em Cuba, com o intuito de gerar lucros e benefícios. Por esse motivo houve uma grande concorrência publica entre países, antes da tomada de decisão.
    O Porto só faz sentido pelo retorno que trará aos demais, obtendo uma economia especial e agregando valor. Onde o mesmo é uma estratégia para passagem de produtos entre países e isso inclui o Brasil e os países interligados, se beneficiando também juntamento ao Estados Unidos.
    Portanto o interesse primordial que o Brasil tem é a melhoria da zona econômica e industrial para exportação e importação, assim atendendo as regiões dos países e aumentando a economia brasileira.

    Camila Lima RA 11514169
    Logística

    ResponderExcluir
  138. Iara de Campos Mestriner23 de agosto de 2015 17:54

    Após análise do post e da entrevista concluo que a falta de informação da massa brasileira acaba por ocultar os grandes benefícios futuros de um empreendimento como este. Como dito na entrevista, o BNDES não consegue investir todo o potencial dentro do Brasil, por inúmeras dificuldades e burocracias, portanto é bem quisto que se invista em outros países, pois isso é absolutamente normal em países de maior potência mundial, por que o brasil também não pode? Como dito no post, um país emergente do BRICS conseguir conquistar essa obra é um fato realmente comemorável! Resta aos veículos midiáticos informar melhor a população sobre o assunto.

    Iara de Campos Mestriner - 2o semestre Logística

    ResponderExcluir
  139. As empresas da Alemanha especificamente empreiteiras de execução e tecnologia juntos com empresas, Brasil, Japão, México e outros participaram da concorrência internacional pelo governo de Cuba, para construção do Porto Mariel. Seus respectivos governos eram ajudar empresas obter oportunidades econômicas e obter lucros.
    Mas para isso o país precisa de financiamentos altos e os juros são altíssimos, fica difícil para a parte econômica do país.
    Por isso tem o Banco de Fomentos, esse bancos fazem financiamentos com juros baixos ajudam assim o desenvolvimento econômico.
    o Porto Mariel é estratégico para a passagem de produtos entre os países Europeus, Brasil, países Centro Americanos com toca costa pacifica das Américas, países asiáticos, Austrália, Nova Zelândia, assim gerando oportunidades para nosso país, principalmente ao pré-sal brasileiro, sera um grande passo o desenvolvimento brasileiro.

    Rafael Orlando
    RA 11514799 Logística semestre

    ResponderExcluir
  140. Diante deste texto entende-se claramente que, o que realmente houve, foi uma questão inteiramente política, onde a briga para conseguir um lugar na presidência se tornou mais importante que revelar ao povo brasileiro o verdadeiro interesse do financiamento do porto de Mariel, e os benefícios que ele trara ao nosso pais, destorcendo as informações e criando uma rejeição muito grande na mente dos eleitores. Ate hoje poucas pessoas sabem do peso de um pais emergente como o Brasil conseguir ganhar a concorrência estando entre empresas alemãs , japonesas entre outras e quão significativo sera este porto para escoamento de produção podendo abrir portas nunca antes alcançadas por nosso país.

    Claudinei Martins- RA-11515070 2ºsemestre Logistica.

    ResponderExcluir
  141. Valeria Aperecida Adão 2° semestre Logistica23 de agosto de 2015 20:57

    No meu ponto de vista o Porto de Mariel trouxe muitos benefícios e oportunidades para o Brasil, esse local estratégico para entrada e saída de importação e exportação.Devido o brasil ter feito um investimento nesse projeto que encarretou grandes discussões sobre esse assunto pela falta de informação que esse empreendimento traria uma lucro significativo ao pais.

    ResponderExcluir
  142. João Paulo Tonini RA: 11513970 - 2° semestre logística23 de agosto de 2015 21:52

    Ao meu ver, o porto de Mariel em Cuba, foi um grande investimento estratégico para melhorar o escoamento e as importações brasileiras. A principio, a falta de informação trouxe uma má impressão a essa aplicação feita pelo BNDES, porém como dito no post, essa obra portuária, trará grandes vantagens logísticas e econômicas.

    ResponderExcluir
  143. Mayara Sanchez Corsi23 de agosto de 2015 22:06

    Com base no artigo acima, podemos concluir que vários países participaram da concorrência internacional para a construção do porto de Mariel, mas foi o Brasil que venceu a concorrência não somente pelo preço, mas também pelas boas relações entre o governo brasileiro e Cuba. Muitos se perguntam por que não investir no Brasil ao invés de construir em Cuba. Talvez pela falta de informação, pois quem atua como participante na concorrência é uma empresa privada, onde quem pagara por um serviço será Cuba, quem executará ou fornecerá serão empresas privadas brasileiras e o financiador total ou parcial no caso do Brasil será o BNDES.

    Mayara Sanchez Corsi | RA: 11513848 | 2º Semestre Logística.

    ResponderExcluir
  144. Ricardo dos Santos Garcia 2° semestre Logística 1141318123 de agosto de 2015 22:26

    Após conclusão da matéria nota se que há um gigantesco interesse de grandes potenciais mundiais como, Estados Unidos, o interesse vem tanto político como econômico, sabendo que ambos encontram se ligados. O porto de Mariel é um grande investimento que trará a Cuba um grande foco, países de todo o mundo terão interesses pois Cuba deterá uma ferramenta que facilitara toda a mão de obra, até porque o canal que o mesmo será construído é maior, melhor e de acesso mais fácil. O Brasil entra nesse jogo com grande interesse sócio econômico pois Brasil e Cuba já possuem um histórico de parcerias, mas vizando o contexto capitalista o porto de Mariel é de grande interesse ao Brasil pois facilitara sua movimentação tanto com exportações como importações, teremos grandes vantagens logísticas com essa obra portuária, houve grandes especulações e julgamentos sobre o investimento realizado pelo BNDS, no entanto esse ato foi concretizado vizando futuros benefícios ao país, todo o contexto relacionado ao investimento frito pelo banco de fomento visa o retorno em médio/longo prazo.

    ResponderExcluir
  145. Marcelo de Souza Rocha - RA 11513388 - 2º Semestre de Logística

    Após analise deste post ficou claro que as informações que chegaram até o publico, estavão distorcidas, acreditava-se que o Brasil estava dando dinheiro a Cuba em vez de aplicar na saúde, educação e segurança. Agora ficou claro que o investimento feito pelo BNDES que muitas vezes não consegue investir mais recursos por aqui devido a inumeras burocracias, aplicou no Porto de Mariel que trará benefícios se tratando de Importação e Exportação e atendimento a Cuba e países da América Central .

    ResponderExcluir
  146. Wagner I. E. Souza - RA 11515510 - 2º Semestre de Logística24 de agosto de 2015 12:00

    Com base nas informações obtidas na postagem ficou claro que o porto de Mariel trará não só ao nosso país mas também a países circunvizinhos uma série de vantagens socioeconômica no que desrespeito a importação/ exportação. Mas com certeza a maior delas será cortar o "cordão umbilical" que une os países da América do sul a América do Norte, o que deixa óbvio o interesse dos EUA ao restabelecer suas relações diplomáticas com Cuba que permanecia a mais de 50 anos.
    Embora houvesse vários países tenha participado da concorrência o Brasil saiu na frente não só relação a sua proposta, mais também por ter boas relações com cuba e não ter apoiado o embargo do EUA. Devido a falta de informações houve repercussão nacional gerando questionamentos o do por investir tanto dinheiro em outro país e não aqui no Brasil, o que o povo não sabia que o investimento no porto de Mariel será pago serão pagos pela própria receita gerada pelo porto.

    ResponderExcluir
  147. Giovani D. Olivreira - segundo semestre administração.5 de setembro de 2015 06:23

    Sem dúvida, um dos pontos decisivos para que o Brasil, ganha-se essa cabo de guerra contra países de 1 mundo, para a construção do porto de Mariel foi sem dúvida o relacionamento bom que tem com Cuba. Isso também mostra, a capacidade técnica e tecnologia que o país tem para competir com os mesmo.

    ResponderExcluir

Seus comentários são livres, a favor, contra ou neutro em relação ao tema do post, mas nunca devem conter ofensas pessoais ou serem feitas de forma anônima.